#Resenha: Príncipe Lestat - As Crônicas Vampirescas

  
Título: Príncipe Lestat 

Autora: Anne Rice

Páginas: 507

Editora: Rocco


Resenhado por: Renata Brito









Nossa como está difícil escrever essa resenha… Faz dias que escrevo textos e mais textos e sempre os jogo fora… Esse vou mandar como estiver! Preparem-se para um texto louco, longo e lestático.

Há algum tempo recebi de um homem alto, loiro, de pele macia e perfumado, gentil e sedutor, o livro dele, o livro Príncipe Lestat, (claro que pode ter sido um sonho, mas quero acreditar que o próprio príncipe moleque me entregou essa obra prima apaixonante da literatura romântica de terror gótico americana). Não vou restringir minha rasgação de seda, mesmo a seda sendo francesa! (e se a seda estiver cobrindo o corpo do rei do Jardim Selvagem… bem… vou rasga-la com prazer vampírico!).
 Anne Rice é a autora que mais amo desde que tinha meus tenros 11 anos, (sim, eu era uma criança que amava vampiros e literatura de terror, por isso sofria bullying na escola!). Os vampiros das crônicas vampirescas são como ideais de príncipes encantados para mim e amados sedutores que dançavam comigo nos sonhos juvenis. Completamente apaixonada pelo Lestat de Lioncourt, sempre fui e sempre serei, eu e uma legião de fãs no mundo, seremos sonhadores que choram na esperança de um dia descobrir que essas histórias sejam reais.
 Lestat foi o sétimo filho de um barão da França no século XVIII, que sofreu e viveu as agruras de seu tempo e de sua condição de filho caçula. Forte, inteligente e audacioso, teve que lutar por si só e ter seu reconhecimento como homem adulto e senhor de si, matando uma alcateia inteira, sozinho e sem nada além de uma faca… Bárbaro? Não, um anti-herói da minha história de terror! Muita coisa aconteceu nas crônicas vampirescas, desde as lamentações de Louis, em Entrevista com o vampiro, passando pelo despertar e replica do Lestat, no livro O Vampiro Lestat, e na revelação épica da origem vampiresca descrita e nos presenteada por Lestat em A Rainha dos Condenados. Agora temos um conto noturno de reveladoras 500 páginas no livro: Príncipe Lestat.

Se você leitor chegou até aqui e aguentou toda minha declaração de amor e explicações lestáticas, fique mais um pouco que vou falar deste livro…
 Há quem diga que é apenas uma série de livros de literatura fantástica de terror gótico sem nada acrescentar na vida de ninguém, mas eu não acho isso e garanto que vampiros como esses descritos nos livros jamais serão superados ou igualados, eles são meus amigos e Lestat meu grande amor! Em 2007 foi publicado o que Anne Rice garantiu ser o último livro das crônicas, o Cântico de Sangue, em 2015 a Rocco lança no Brasil esse presente da senhora Rice. 
A obra Príncipe Lestat tem sua última página datada por Louis como 2013. Todos os antigos personagens estão de volta, outros mais são apresentados, nascidos e criados, e Lestat se revela novamente como meu amado cronista eloquente, sedutor e incisivo. O mistério épico é que uma voz, A Voz instiga antigos a usar o Poder do Fogo para eliminar as crianças da noite, vampiros matando suas crias vampíricas, assim se inicia a 2ª grande queima, a 1ª promovida pela já morta Rainha dos Condenados Akasha. Quem é A Voz? O que ela pretende? São perguntas que nos levam a divagar por quase todo o livro, até que é revelada pelo príncipe moleque e junto aos antigos companheiros, amigos, amantes, criadores e crias começam o que pode ser um renascimento para a espécie vampírica neste novo século.
 Para quem não leu nada das crônicas vampirescas, não se aflijam, (claro que recomendo a leitura de todos os livros das crônicas e também da saga das bruxas Mayfair, mas pode ser deixados para depois da leitura deste Príncipe Lestat), ao final do livro, foi preparado 2 apêndices, um 1º com nomes dos personagens presentes nesta obra com um breve resumo de suas histórias e o 2º há um resumo de cada obra das crônicas já publicadas.

Vou me repetir: os vampiros como esses descritos nesses livros jamais serão superados ou igualados! E vou garantir, a leitura deste livro é encantadora, apaixonante e enriquecedora!
Boa leitura! 






















     

a Rafflecopter giveaway





9 comentários

  1. Que resenha!!!!
    Amo o trabalho de Anne(mas também quem não ama né?) e apesar de ter lido poucos livros da autora, ela sabe como ninguém mexer com o leitor em quesito vampiros, beleza, encantamento e por aí vai(longe)
    Ainda não li esta obra da autora, mas depois desta resenha fica impossível não desejar ler o livro o quanto antes.
    Não se fazem mais vampiros como antigamente e como só Anne conseguia nos trazer.
    Vai para a lista de desejados com certeza.
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá Renata!
    Falou livros e filmes que tenham vampiros eu já tô de olho doida pra conhecer.
    Este livro ainda não conhecia, pela sua resenha posso criar expectativas e esperar uma oportunidade ansiosa pra ler, espero que não demore pois o enredo parece ser bom.
    bjs!

    ResponderExcluir
  3. O único contato que tive com a obra da Anne Rice foi Entrevista com Vampiro, o filme. Ano passado me deparei com algum blog falando dessa série vampiresca que, claro, encheu meus olhos. Também sou um apaixonado pelo gênero e acho que o diferencial nesse caso são enredos totalmente maduros, cheios de detalhes e alto grau de sedução. Ler sua resenha só aumentou minha vontade de ter essa série pra mim. Legal saber que esse livro pode ser livro separadamente e que tem esses apêndices e resumos no final.

    ResponderExcluir
  4. Olá Renata,
    Fico até envergonhada de dizer que nunca li nada da autora, acho que talvez seja a falta de oportunidade e de procurar melhor pelos seus livros, porque adoro histórias com vampiros e como você disse, e eu mesmo sem ler assino embaixo, os vampiros "dela" jamais serão superados, acredito nisso porque tenho a impressão de que a autora os relata não só como seres sobrenaturais, mas conseguimos também conhecer seu íntimo.
    Bom saber que o livro da uma ajudinha para quem nunca de aventurou, rsrs.
    Com todo esse amor eu me tornei bem interessada, vou colocar Anne Rice na lista!
    Beijos

    ResponderExcluir
  5. Olá Renata, tudo bem?

    Não li nada da autora ainda mas tenho muita curiosidade, só leio comentários positivos dos livros da autora e ainda não conhecia esse livro, dica mais do que anotada...bjs.


    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi, Renata.
    Ainda não me rendi aos vampiros da Anne Rice e fico um pouco preocupada com tudo o que já li sobre essas histórias. Tem gente que ama loucamente e gente que detesta... Então fico na dúvida...
    Eu até me animaria em ler para tirar a prova se os livros da autora não estivessem tão caros!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  7. Renata!
    Nada como ter uma inspiração para escrever uma resenha tão passional e apaixonada.
    Adoro os vampiros e a autora e que alegria que ela trouxe O Príncipe Lestat, podemos saborear os novos vampiros.
    Bom final de semana!
    “Os piores estranhos são aqueles que vivem na mesma casa e fingem que se conhecem. Conversam banalidades, mas nunca o essencial.” (Augusto Cury)
    cheirinhos
    Rudy
    TOP COMENTARISTA ABRIL – ANIVERSÁRIO DO BLOG: 5 livros + vários kits, 7 ganhadores, participem!
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir
  8. Renata, você descreveu o que eu sinto em relação aos vampiros da Anne Rice. E confirmo que não existe vampiros tão incríveis como Lestat e sua família vampiresca. Obrigada por compartilhar sua visão sobre esses seres tão sedutores!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Topo