Tô Pensando em Crônica... PEITO DE PERU



PEITO DE PERU




     É muito difícil ser um peito de peru. Sinto-me sozinha nesse mundo de mortadelas e coxinhas.

     Quando abro meu facebook, me dá cólicas antes mesmo de colocar minha senha, porque sei que lerei coisas absurdas da esquerda e da direita. Ofensas e muita ignorância vinda de pessoas que eu sempre achei que fossem cultas e esclarecidas. Mas que nada, na hora de dar a descarga, a merda cai toda na página dos outros.

     Vejo o pessoal de direita esculhambando atores por usarem a lei Rouanet. Mas qual é o problema desta lei? Porque assimilaram isso a algo errado?

     Eu, como peito de peru, fico abismada com isso, pois essa lei é uma política de incentivos que possibilita empresas “e cidadãos” usar uma parte do imposto de renda em ações culturais. Onde está o problema nisso? Não é bom incentivar a cultura? O lançamento de um livro, uma peça de teatro, um filme no cinema?

     Digamos que um filme que usou a verba que ele conseguiu graças à Lei Rouanet chegue a concorrer a um Oscar? Então só poderão torcer por este filme aqueles que são de esquerda, ou mortadela. E quem for de direita, ou coxinha, será “poser”.

     Mas não para por aí, me sinto peito de peru quando compartilho alguma piada. Sei lá, como não votei em nenhum dos dois candidatos, sempre que vejo uma postagem engraçada, compartilho, aí vem um e me ofende porque ele julga que sou petralha – outra palavra semelhante à mortadela -, e no outro dia vejo outra postagem e outras pessoas e me xingam porque sou coxinha. Ninguém ri mais das piadas. Essa é a questão.

     Será que nas próximas eleições eu poderei escolher meu voto? Ou terei que seguir o fluxo?

     E se eu quiser continuar sendo um peito de peru?

     Porque não ando me sentindo confortável sendo coxinha ou mortadela. É tanta ofensa e vergonha alheia que não consigo estar perto nem de um, nem do outro.

     Tem outra coisa, as roupas. Se eu pensar em colocar aquele vestido vermelho incrível que eu comprei e paguei super caro numa loja bacana, com certeza vou ganhar uns arranhões e arrancarão uns tufos de cabelos da minha cabeça, porque quem usa vermelho é mortadela... Vou vender meu vestido num brechó. E se eu usar amarelo, aí meu bem, é melhor correr, e muito. Tá, mas se eu usar verde, vão me confundir com palmeirense, e também há uma grande chance de eu tomar uns murros aí. Enfim, melhor ser um peito de peru gótico e usar só preto mesmo. Mais seguro.

     Quanto à saída e entrada do novo presidente, não concordo com nada. Parece estranho para você? Mas pense bem, quando você compra uma caixa de bombom, você é obrigado a gostar de todos e comê-los sem exceção? Se você não gostar do Caribe, você pode jogá-lo fora. A vida é assim.

     Não gostei da Dilma ser eleita, mas também não gostei do vice ganhar a presidência sem voto. E duvido muito que a tal corrupção da qual ele disse que eliminaria irá realmente ser eliminada. Mais uma vez me sinto um peito de peru. Não concordo com uma coisa nem com outra.

     Mas as pessoas que assim como eu são peitos de peru, devem se calar?

     Claro que sim. É melhor. Somos uma raça em extinção. Há poucos peitos de peru no momento.

     Não estou aqui para ofender os coxinhas, ou direitas; nem as mortadelas, ou esquerdas. Só queria desabafar as dificuldades de ser um peito de peru. De ver absurdos que as pessoas escrevem e não poder responder por medo de apanhar, ou de rir sozinha, porque se eu compartilhar a piada serei ofendida.

     E não me venham dizer que os peitos de peru estão em cima do muro. Nós temos opiniões, mas nem sempre elas são iguais as de vocês. Nem tão liberal, nem tão conservadora. Nem tão elite, nem tão favela. Somos peitos de peru, pensamos num coletivo diferente. Tentem nos entender. Somos estranhos num mundo de salgados iguais.    












https://www.facebook.com/blogtopensandoemler/?ref=bookmarks























6 comentários:

  1. Uma crônica/crítica bem a sua altura, sua linda!!!! Adorei é pouco para expressar minha satisfação ao ler tudo acima e por duas vezes!
    Acho que me identifiquei muito, exceto pelo Caribe(é o que pego primeiro na caixa..rs)
    Mas o vestido vermelho está guardado, até que tudo isso passe,infelizmente.
    Também me sinto bem peito de peru, até porque se for expressar tudo que penso ou sinto em relação a política, religião, afins..vou é pro paredão de fuzilamento, sem direito a julgamento.
    Estamos vivendo tempos difíceis..onde ser humano, já é um fardo pesado.
    Não sei se é o certo se calar...mas usar ironia as vezes, ajuda!rs
    Parabéns por ter feito meu começo de dia, melhor ainda!!!!
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, Lelê.
    A situação político-social do Brasil está difícil. No Facebook então, insuportável. Há duas correntes; se você destoar de uma, ou das duas, está morto. Vão te comer com pão; até porque peito de peru é uma delícia.
    Uma excelente crítica. Adorei.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de maio. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Oii sua linda!
    Nossa política tá tão vergonhosa, tão mais preocupante, e cada dia mais se complica! Sua comparação e sua critica tá incrível!
    Parabéns!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  4. temos vivido tempos terríveis, hein amiga?
    o principal é que as pessoas perderam o respeito umas pelas outras, cor de roupa, ofensas trocadas, tudo isso pra que?
    todos queremos um país melhor! custa se unir ao menos pra isso?
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Nooossa! Fiquei aqui babando com esse conto. Tantas criticas, reflexões, e tudo encoberto.
    No inicio não achei que seria tao complexo, mas me pegou desprevenida.
    Com certeza sou um peito de peru !

    ResponderExcluir
  6. Olá. Adorei sua critica, reflexão! Muito verdade, se expressar, nos dias atuais, está bem complicado. Uma palavra e você virá alvo de amigos, familiares e desconhecidos. Parece que todos precisam pensar igual, ou melhor, nem raciocinar, para viver em paz. Assim não é possível, não há mais respeito infelizmente. Tbm me sinto um peito de peru (que é uma delicia, por sinal!). Abraços.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo