#Resenha: Os Dois Mundos de Astrid Jones


Título: Os Dois Mundos de Astrid Jones

Autora: A. S. King

Páginas: 287

Editora: Gutenberg




COMPRE AQUI:  BUSCAPÉ,  AMERICANAS,  SARAIVA,  AMAZON
















     Meu primeiro contato com a autora foi bem interessante!


"Há um 747 passando bem alto, que deixa uma linha branca certinha pelo céu sem nuvens de outono. Pergunto aos passageiros: Eu sou mesmo gay?"
Pag. 49


     Young Adult contemporâneo LGBT da melhor qualidade.

     Astrid Jones se mantém em dois mundos bem diferentes, mas em nenhum deles ela é realmente feliz.

     Em casa ela vive a deriva. Sua mãe é agressiva e não gosta da filha, mas gosta da caçula que também despreza Astrid, e seu pai vive chapado e não está nem aí pra nada. No colégio ela é uma boa aluna. Neste mundo sem amor, Astrid descobriu um jeito de extravasar seu amor sem se decepcionar, ela se deita na mesa de piquenique do quintal e quando um avião passa, ela envia seu amor aos passageiros.

"Não tenho palavras nojentas no meu vocabulário de nojeiras para descrever que nojo é esse pensamento nojento. Nojento."
Pag. 221


     O outro mundo de Astrid é onde ela está se descobrindo nos braços de Dee, uma garota que a ama e está disposta a enfrentar o que vier para ver Astrid feliz.

     Durante esta descoberta, muitas coisas acontecem; algumas tristes, outras dolorosas, mas todas fazem parte da vida de Astrid e seus mundos. E só quando esses dois mundos se convergem é que ela se encontra.


"Por que tudo tem que vir com uma definição rigorosa? Quem criou todos esses rótulos?"
Pag. 128


     A leitura começa lenta, mas pega ritmo e da metade pro final ela segue num fôlego só.

     Quero muito ler mais livros da autora.

     A edição da Editora Gutenberg é muito bonita, a capa é linda e a diagramação é bem delicada.

     Gostei demais e recomendo muito!

















9 comentários:

  1. a proposta parece interessante, eu ainda não li nada envolvendo o romance LGBT, mas confesso que essa trama por hora é a que mais me intrigou e deu aquela vontade de ler
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Os livros que tratam deste tema, tem ganhado o mercado e conquistado cada vez mais leitores. O que antes era tão difícil de se ver e ler, hoje já está bem disponível no mercado.
    Não sei ainda o que pensar muito a respeito...rs(é, ainda não formei minha opinião). Mas sei que a história parece bem morna e casual.
    A capa é um mimo só e se tiver oportunidade, lerei com certeza!
    Beijo

    ResponderExcluir
  3. Lelê,bem interessante essa personagem com drama familiar e conflitos emocionais,que envia seu amor aos passageiros de aviões que passam.Que bom que gostou do livro.Achei também a capa linda,a Gutenberg sempre capricha.😘💖

    ResponderExcluir
  4. Olá, Lelê.
    Não conhecia o livro a fundo e não sabia que a proposta era falar de uma família destroçada e de um relacionamento homoafetivo. Sabendo disso, interessei-me demais. É bom ler obras que tragam críticas sociais.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de fevereiro. Serão dois vencedores, dividindo um vale compras e dois livros.

    ResponderExcluir
  5. Oi, Lelê!!
    Gostei muito da resenha!! Não lembro de já ter lido algo desse livro mais achei a proposta valida!! E um livro bem interessante por tratar de um tema cada vez mais discutido!! Amei a indicação!!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  6. Gosto muito de histórias com esse tema lgbt. Acho que é importante destacar a normalidade disso e tem tanta coisa rotulada hoje em dia...sempre né. Faz a gente pensar pra quê tudo isso...
    Ele parece ser bonito, bem feito. Tem muita coisa ruim, a vida dela não é um mar de rosas, mas achei interessante essa coisa dos mundos.
    E gostei das passagens que destacou. Deu pra ver que o texto faz refletir e parece gostoso de ler.

    ResponderExcluir
  7. Oi Lele! Eu li um outro da autora e gostei bastante, tanto que na sequencia já fui procurar este. Que bom que você curtiu.

    Bjos!!!

    ResponderExcluir
  8. Lê!
    O livro além de trazer a temática LGBT que acredito deve mesmo ser divulgada, mostra o quanto a protagonista tem um lado sonhador e de fuga, e um lado real.
    Espero que ao fazer o encontro dos dois mundos ela realmente se encontre e seja plenamente feliz!
    “Saber encontrar a alegria na alegria dos outros, é o segredo da felicidade.” (Georges Bernanos)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  9. Oi Lelê!!
    Gostei de conhecer um pouco da obra, vai pra minha listinha tbm, capa linda, o enredo parece bom ...
    Bjs

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...