Divulgação: Belas Letras - Panelaterapia





Para a psicóloga Tatiana Romano, a cozinha "é alquimia, você não tem que se prender a nada". Depois de ter lançado o livro Panelaterapia, em 2015, e cativado ainda mais os leitores já fiéis do seu blog de mesmo nome, chegou a vez de um novo passo. Inaugurando o outono, a Belas-Letras lança neste mês um livro para todas as épocas do ano. Em Panelaterapia: a cozinha das estações, já em pré-venda,Tati Romano traz 50 receitas separadas em 4 capítulos que levam o nome das estações. Entre pratos quentes para o inverno e toda a refrescância para o verão, as dicas da blogueira ainda provam que a cozinha pode ser uma ótima terapia.
Conversamos com Tati sobre o novo livro. Confira!




Belas-Letras: Por que a cozinha e a terapia estão diretamente conectadas?

Tatiana Romano: Eu acredito que cozinhar seja uma atividade muito terapêutica. Além de trabalhar todos os sentidos, a cozinha é um ambiente agregador. Quando estamos cozinhando podemos ter momentos de socialização, quando outras pessoas nos ajudam na tarefa, ou momentos mais introspectivos, onde além de cozinhar refletimos sobre questões da nossa vida.



Belas-Letras: Como foi a repercussão do primeiro livro de Panelaterapia? 


Tatiana Romano: O livro se mostrou um caminho a mais de aproximação com meu público, além de ter possibilitado o interesse da mídia em geral pelo meu trabalho. Fiquei muito feliz com a repercussão e aceitação dos leitores e da imprensa.


Belas-Letras: Em Panelaterapia: a cozinha das estações encontramos receitas ainda mais variadas que no primeiro livro. Como é o processo de seleção das receitas na hora da construção do livro?


Tatiana Romano: Este segundo livro classifica as receitas de acordo com as estações do ano. Como os meus livros são feitos com muito carinho, é natural que sejam totalmente de acordo com o meu gosto pessoal. Sendo assim, fiz a escolha das receitas com base na minha percepção, nos pratos que gosto de consumir em cada época do ano.



Belas-Letras: Você tem alguma receita preferida? E qual seria a sua estação do ano favorita? 


Tatiana Romano: Minha estação do ano favorita é o verão. No entanto, minha estação do ano favorita relacionada a alimentação é o inverno. Embora eu não tenha uma receita preferida, os pratos salgados e quentes servidos nos dias de frio me agradam muito. Comidas reconfortantes como sopas, massas e risotos são as que gosto mais.



Belas-Letras: A cozinha pode ser considerada uma das melhores alternativas para relaxar em uma rotina tão atribulada como a da maioria das pessoas?


Tatiana Romano: Foi exatamente acreditando nisso que criei o Panelaterapia em 2009. É claro que cozinhar pode ser uma atividade relaxante para quem tem afinidade com esta prática. Existem pessoas que, por exemplo, não gostam de cozinhar, mas gostam de pintar. Neste sentido, qualquer atividade pode se tornar terapêutica, desde que permita momentos de prazer e relaxamento.



Belas-Letras: Em três palavras, como você resumiria o ato de cozinhar?


Tatiana Romano: Terapia, carinho e diversão!





Faça da cozinha a sua terapia com a psicóloga que virou chef. Uma das mais populares blogueiras de gastronomia do Brasil com mais de 1 milhão de fãs somente no Facebook ensina neste livro como cozinhar é muito mais do que criar novos pratos ou mesmo combinar ingredientes. A arte da culinária pode ser uma forma de lidar com as emoções. Aqui você encontra receitas para dias de raiva, de medo, de tristeza e de alegria. Com os conhecimentos de psicóloga e o feeling de quem ama cozinhar, Tatiana Romano apresenta receitas saborosas para preparar em qualquer hora, com qualquer estado de espírito.



















Comente e concorra:




7 comentários:

  1. Apesar de andar correndo de cozinhar nos últimos tempos, realmente é uma terapia(cheia de louças para lavar depois de cada evento)..rs
    Mas brincadeiras a parte, cozinhar é uma arte com certeza. E temos ótimos artistas escondidos entre nós!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Bem legal essa entrevista.
    Apesar de ser um desastre na cozinha, sempre tive curiosidade com essa obra.
    Provavelmente, acabarei lendo em breve.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de abril. Serão três vencedores!

    ResponderExcluir
  3. Eu concordo com ela em acreditar que a cozinha é o lugar de deixar as emoções e fazer uma bela terapia. Amo cozinhar, ver receitas novas. Adorei saber mais sobre o livro e essa escritora.
    Boa tarde!

    ResponderExcluir
  4. Oii!
    Aaah que linda! Cozinhar eh uma ótima terapia realmente!
    Adoreeei a entrevista!
    Bjs!

    ResponderExcluir
  5. oi flor, eu sou mais de comer do que fazer rsrsrs
    cozinhar não é pra mim mesmo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Lelê,muito legal essa obra,novidades culinárias são sempre bem vindas assim como a autora amo comidas de inverno como sopas,massas e risotos.Com certeza cozinhar é terapia,carinho e diversão.Beijos!!!

    ResponderExcluir
  7. Lê!
    Concordo com a Tatiana: cozinhar é uma terapia.
    Amo cozinhar e adoraria ler o livro.
    “Eu creio que um dos princípios essenciais da sabedoria é o de se abster das ameaças verbais ou insultos.” (Maquiavel)
    Com
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista especial de aniversário em abril: com 6 livros 5 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...