#Resenha: A Menina Mais Fria de Coldtown



Título: A Menina Mais Fria de Coldtown

Autora: Holly Black

Páginas: 384

Editora: Novo Conceito


Resenhado por: Julia Maia 




COMPRE AQUI:   BUSCAPÉ,  AMERICANAS,  SUBMARINO,  AMAZON













A Menina Mais Fria de Coldtown, da aclamada Holly Black, é uma história única sobre fúria e vingança, culpa e horror, amor e ódio. O livro foi escrito pela Holly Black uma escritora norte-americana de bestseller , que ficou mundialmente famosa após escrever  As Crônicas De Spiderwick. Em seus primeiros anos de vida morou numa mansão em estilo vitoriano com sua mãe, que lhe contava histórias de fantasmas e fadas, um passado que influência até hoje os seus livros. Holly é autora do sucessos como Magisterium- O Desafio De Ferro junto com a autora Cassandra Clare.
No Brasil também foram lançados outros sucessos seus, como Boneca De Ossos, Gata Branca e Luva Vermelha. Foi publicado pela editora Little Brown Books for Young Readers nos Estados Unidos, e aqui no Brasil foi pela editora Novo Conceito. Ele trata-se de uma ficção/terror, que se passa num mundo  onde todos os humanos já sabem da existência dos vampiros. E esses vampiros são ”presos” em cidades que são chamadas de Coldtown.
A personagem principal chama Tana uma garota de 18 anos, que acorda confusa em uma banheira de uma festa realizada numa casa de fazenda  totalmente distante da cidade onde mora, e ao acordar ela descobre que houve um massacre onde todas as pessoas estão mortas dentro da casa. Ela tenta achar alguém vivo e também suas coisas para poder ligar para a policia e quando chega no quarto se depara com seu ex namorado Aidan preso com cordas nos pés da cama e uma fita adesiva colada em sua boca, e no canto do quarto preso um vampiro chamado Gavriel. Tana então enrola Gavriel em uma coberta para protegê-lo do sol, e foge com Gavriel e Aidan pelas ruas da cidade, ela não sabe o que fazer com seu ex-namorado infectado e muito menos com Gavriel que já é um vampiro. Antes de fugir ela acaba sendo arranhada de leve por outro vampiro que ainda estava dentro da casa, e agora ela precisa aguardar 72 horas para saber se está infectada com o vírus que irá transforma-la.
Para se transformar em vampiro precisa ser mordido, e dentro de 72 horas aparecer os sintomas da gripe, você está infectado e vai virar um vampiro. Muitas pessoas querem virar vampiros, outras não, então, quem não quer virar vampiro precisa ficar preso por 80 dias para se livrar da vontade de tomar sangue.
A leitura flui rápido, e a curiosidade aumenta a cada novo acontecimento, porém confesso que demorei cerca de 7 dias para terminar de ler o livro porque alguns  flashbacks são um pouco cansativos. Mais o modo como a autora descreve muitas das cenas é muito realista e envolvente. A edição do livro está linda, as páginas são amareladas, as letras estão em bom tamanho e em todas as páginas tem gotas de sangue desenhadas. Eu ainda comprei na edição que vem na caixa, com a faixa de perigo na Amazon , super legal para guardar.
O livro é narrado em terceira pessoa geralmente pelo ponto de vista de Tana, as vezes elas alternam entre outros personagens e/ou flashbacks do passado de Tana e sua família ou do passado de Gavriel,  esses flashbacks são cruciais para compreendermos como a sociedade chegou ao ponto em que está e como aconteceu o surto do vampirismo ao redor do mundo.
O livro e daquele tipo que você acaba um capitulo e não pode fechar o livro sem ler o próximo e o próximo… Um livro que você não imagina o final e quando chega nele você fica pensando que o livro tá faltando folhas, mais não que a historia fica incompleta, mais é como se a autora tivesse deixado um gancho para outro livro. Mais nada foi confirmado de que posso ter uma continuação.
Eu leio muitos livros desse gênero, e a história foi muito bem desenvolvida. Eu recomendo principalmente pra quem gosta do gênero.
O que acharam? Já conheciam o livro? Deixe sua opinião aqui nos comentários!!
















8 comentários:

  1. Este já é um livro "antiguinho".rs
    Me recordo bem de quando saiu e não entendo o motivo de ainda não o ter lido.
    Eu gosto de histórias sobre vampiros, ainda mais agora, que parece que o assunto deu um tempo naquela mesmice.
    O título é muito bacana e a capa, linda.
    Lerei se possível!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá Julia, tudo bem?

    Esse livro está na minha lista de espera de leituras, estou super curioso, pois as resenhas que li sobre esse livro foram iguais a sua super positivas.....abraço.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi, Julia.
    Ganhei um exemplar desse livro quando ele foi lançado, mas nunca tive a chance de ler! Estou com um projeto para desenterrar livros da estante em 2017 e quem sabe esse livro ganha uma chance!
    beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Julia não é um livro que me atraia pelo enredo, mas a curiosidade que você deixou no ar é boa
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Julia! Eu adoro esta autora, mas ainda não consegui ler este livro. Pelo visto é bem legal e que bom que a história foi bem trabalhada. Boa semana! Bjos!!!

    ResponderExcluir
  6. Julia!
    tive oportunidade de ler esse livro logo após o lançamento e como amo histórias de vampiros, considerei um dos melhores livros na época, embora a capa tenha quase nada haver.
    “O verdadeiro sentido do Natal não está nos presentes e nem no papai noel, mas sim no nascimento de Jesus Cristo, que veio ao mundo para nos libertar do pecado e ser o nosso único salvador!” (Andréia Godoi)
    Boas Festas!
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de DEZEMBRO ESPECIAL livros + BRINDES e 4 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir
  7. Oi, Julia!!
    Não conhecia esse livro mas adorei a premissa e a capa que é bem bonita!! No começo não entendi por que do título A Menina Mais Fria de Coldtown mais achei bem chamativo!
    Beijoss

    ResponderExcluir
  8. Quando os autores usam demais o artificio do flashback acaba mesmo se tornando um pouco cansativo, mas tudo nesse livro me atrai. Acredito que assim como você, eu acabaria ficando muito curiosa ao passar das páginas. Sou louca para ler esse livro há um bom tempo.
    Um abraço!

    http://paragrafosetravessoes.blogspot.com.br/
    Participe dos SORTEIOS que estão rolando lá no blog!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...