Resenha: Troopers da Morte

Título: Troopers da Morte

Autor: Joe Schreiber

Páginas: 326

Editora: Aleph





COMPRE AQUI:  SARAIVA,  FNAC,  EXTRA,  BUSCAPÉ













     O universo expandido de Star Wars com seus incríveis personagens, misturado com zumbis sanguinários e famintos, acrescente a isso um autor que não tem limites para descrever uma carnificina. 

     A junção mais perfeita que já li!


" - Te digo uma coisa, eu não queria estar perto do Lorde Vader quando ele descobrir que abandonaram a nave. Quanto deve custar pra substituir um destóier?
Pag. 62



     Purgação era a Nave Prisão Imperial. Dentro dela tinham vários prisioneiros de todos os tipos, desde humanos até alienígenas. Além de soldados e tripulantes.

     Mas sem nenhuma explicação aparente, a nave para e tudo fica num silêncio sinistro.


"Não faltavam pesadelos a bordo da nave-prisão imperial Purgação."
Pag. 16


     Nesse ambiente terrível iremos conhecer Trig e Kale, irmãos que farão de tudo para sobreviver, Um tentando cuidar do outro da melhor maneira que conseguem.


"Havia uma proximidade suada e pegajosa em seus corpos sujos, e Trig pensou novamente no termo "ninho de carne", e sentiu um pouco de náusea. Todo aquele lugar era um ninho de carne."
Pag. 23


     Só estar na Purgação já é assustador suficiente, mas quando ela quebra a sensação é muito perturbadora.

     Logo eles avistam um destróier abandonado no espaço. Ninguém sabe como e nem por que a outra nave está vagando sem rumo, e também não conseguem fazer contato com ninguém.

     Por isso são enviado alguns tripulantes da Purgação para o destróier. Para tentar entender o que está acontecendo e buscar peças para o conserto na Purgação.


"Não demoraria a conhecer sua verdadeira cara, se é que tinha uma. Talvez não tivesse; talvez fosse apenas a moléstia personificada, um vazio sem cérebro esfomeado que sugava vida."
Pag. 86


     Também iremos conhecer a Doutora Zahara, que tenta a todo custo salvar todos que ela acha que consegue.

     Só metade da equipe retorna, e quem volta traz consigo um vírus terrível.

     Logo todos na Purgação se tornam alvos deste vírus.

     A Doutora Zahara tenta de tudo para controlar a epidemia, mas não é nada fácil.

     E assim entra na história Han Solo e Chewbaca. E neste momento eu já estava dando uns gritos de empolgação!!


" - A praga que a equipe de inspeção trouxera consigo do destróier espalhara-se tão rapidamente pela Purgação que ela e Waste já tinham perdido a conta dos novos pacientes."
Pag. 100


     É narrado em terceira pessoa pelo ponto de vista de todos os personagens. E isso me deixou muito apaixonada.

     Nunca pensei em ler trechos tão espetaculares pelo ponto de vista de Chewbaca. Amei!!


"Contudo, o choque havia tomado o lugar da raiva. De dentro da boca da criatura, um brilho metálico pronunciou-se feito uma língua de aço."
Pag. 12


     As descrições das mortes são muito empolgantes, o autor não tem dó de matar ninguém e não mede palavras para narrar o caminho da faca, por exemplo, ou o quanto uma ferida purulenta pode ser nojenta.


"Havia um naco de carne do tamanho do punho dela faltando da panturrilha do rapaz. O osso exposto brilhava visivelmente por trás de uma rede de músculo e vasos rasgados."
Pag. 211



"No final de um dos corredores, depararam com um capacete de stormtrooper deitado de lado feito um crânio quebrado."
Pag. 216


     Amei muito este livro! Uma aventura incrível, cheia de mistério, e com um toque maravilhoso do bom e velho terror.

     Sei que vai ter gente que pode até torcer o nariz, mas como eu gostei muito dos Legends, por mim poderia ter muitos outros seguindo este gênero do terror e suspense. Eu leria todos com certeza.

     A capa é divina e a diagramação é impecável. Perfeita como sempre!! Editora Aleph arrasou muito nos detalhes desta obra, o que a deixou ainda mais sombria.

     Quem gosta do gênero com certeza deve ler este livro!!














8 comentários:

  1. Apesar de amar o gênero terror, acabei me perguntando o porque dessa mistura de Star Wars...rs Moda?
    Não sei o que pensar sobre a resenha. Acho que torci o nariz só por conter Star(já que não consigo gostar de maneira alguma)..mas..talvez eu leia sim!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Olá, Lelê.
    Eu fui um dos primeiros que torci o nariz. haha Adoro o jeito canônico de Star Wars, porém, depois acabei cedendo e lerei o livro em breve. Acredito que esse seja um livro do Legends para divertir e não para te fazer aprofundar em Star Wars. Vendo dessa maneira, a obra me interessa.
    Sem falar que a sua resenha me deixou muito mais animado.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores!

    ResponderExcluir
  3. oi flor, é demais poder conhecer um pouco mais desse universo star wars pelas resenhas
    felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Oi Lele, querida!

    Troopers da Morte é uma das minhas próximas leituras porque faremos um especialzinho Star Wars em janeiro, então estou muito ansiosa! E pela sua resenha eu sei que, como você, vou adorar o livro! Adoro a temática sombria, teror e... zumbis <3
    Junta tudo com SW e é pra me ver pirar. Ótima resenha, só me deixou ansiosa pra pegar logo o livro! A Aleph arrasa né? Amo.

    Beijo!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Lê!
    Além de gostar do gênero, sou fã da série e bem triste constato que não li ainda nenhum dos livro da série tenho 3 aqui aguardando na fila para leitura.
    “Feliz Ano Novo, que este ano seja superado pelo velho em felicidades, amor, esperança, fé, paz e que o ano seguinte seja em dobro, tenha um feliz e prospero ano novo.” (Chium)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participem do nosso Top Comentarista de Dezembro, serão 6 livros e 3 ganhadores!

    ResponderExcluir
  6. Opa mais um livro do Star Wars que eu preciso ler.
    Vou colocá-lo na lista de leitura!
    Bjs

    ResponderExcluir
  7. Ham, não consigo visualizar de fato Star Wars em uma versão apocalíptica, chega ser estranho (pelo menos pra mim), bom, mais que tenha livros de zumbis e ainda não os tenha lido, gosto muito quando vejo em filmes ou leio post, então, quando conhecer estes livros e Star Wars, talvez deixe de ser estranho (e não combinar kk), ou talvez continue da mesma forma.

    Bjss

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lelê!
    Vou aproveitar as minhas rápidas férias na praia para ler meus livros de Star Wars... Comprei alguns, mas pelo visto vou querer esse também!!!
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo