Resenha: Piscina Já



Título: Piscina Já

Autor: Luiz Antonio Aguiar

Ilustrador: Tiago Lacerda

Páginas: 98

Editora: Biruta




COMPRE AQUI: BUSCAPÉ










    Como pode um livro tão pequeno deixar alguém tão grande quanto eu assim despedaçada??

   
"Sem dizer nada. Na primeira vez, levaram todos
os livros da casa. Tinha uma porção, e levaram
todos: livros sobre política, mas também até de
culinária levaram. Era livro, era suspeito."
Pag. 14



     Ele é narrado em primeira pessoa pelo ponto de vista de uma garotinha de 11 anos que vive com sua família numa casa de classe média no Rio de Janeiro numa época nada fácil. 

     Tio Zeca, o herói da garotada desapareceu. Tio Zeca usava camisetas estampadas do Che Guevara, era barbudo e cabeludo, fazia o estilo comunista guerrilheiro e sempre tinha ótimas histórias pra contar. Mas de um dia para o outro ele não foi mais almoçar com a família. Sumiu.

     
"Reviraram a casa inteira, quebraram o que
puderam e foram embora, com minha avó,
a mãe do Tio Zeca, gritando às costas deles:
- Tão procurando quem aqui? Ele está com vocês!"
Pag. 12


     
 

     A família era constantemente acordada pelos policiais que entravam na casa sem pedir licença, quebravam tudo, ameaçavam todos e iam embora. Uma vida infernal. 

     Mas aos olhos de uma criança isso era quase uma rotina.

     Foi nas férias que tudo começou a mudar. Todos entraram no carro e foram para o Condomínio das Colinas. Assim as crianças poderiam ter um pouco de paz, brincar sem se preocupar com nada e nadar, mergulhar e brincar muito na piscina.

     A surpresa foi que quando eles chegaram, descobriram que a piscina estava seca, pois o General Pimenta precisava da água para abastecer sua casa. Então ele resolveu desviar a água pra lá. Simples assim.

     Claro que as crianças ficaram revoltadas e não iriam deixar o General Pimenta sossegado. 


" - Ele é general - disse a Zuzu. - Eles mandam
no Brasil. Então mandam aqui no condomínio também."
Pag. 28


     A luta então começa das crianças quanto aos mandos e desmandos do General, e da avó tentando recuperar seu filho que estava sendo torturado pela mãos de quem havia de nos proteger, mas na época não era assim que funcionava. A linha entre policiais e bandidos era muito tênue. E sentir medo de ambos era normal.

     Eu não me imagino vivendo numa época dessa. Onde ler era proibido, assistir filmes era proibido, falar o que pensa era proibido... É de cortar o coração.

     E como sofre essa avó... Não ter como salvar um filho e ainda sorrir para os netos. Gente!!!! Não dá pra conceber essa ideia.

     O livro é muito curto, muito rápido, mas é aquele tipo de livro que você fica horas pensando. E quando a leitura faz realmente o efeito, você se emociona; principalmente ao se imaginar na pele de qualquer um da família.

     Claro que o final é feliz em algum ponto, mas não de todo feliz. Como deveria ser mesmo. Afinal, a vida continua de qualquer jeito. Mesmo que não seja como a gente quer.

     Depois de tudo isso, ainda tem um apêndice onde o autor explica direitinho qual a diferença entre a Democracia e Ditadura. O que me fez ter certeza de que este livro deveria ser obrigatório nas escolas de todas as idades e classes sociais. 






 



     Uma aula de tudo que é bom e importante!! Momentos de uma leitura inesquecível. 

     As ilustrações são lindíssimas!!!! A diagramação é maravilhosamente perfeita e a revisão impecável. Não tenho nada que desabone esta obra.

     Sim, ainda estou apaixonada pelo livro!!

     LEITURA MAIS DO QUE RECOMENDADA PARA TODAS AS PESSOAS DE TODAS AS IDADES!! 




     (Acho que a resenha ficou quase maior que o livro, rs. Desculpem, mas vem do coração mesmo)




















13 comentários:

  1. Ficou não!rs Eu adorei.
    Mesmo sendo um livro tão curtinho, é visível que há história nele..não somente a história em si, da família, dos amigos, das tristezas da vida real, mas a história em si..Aquela que foi vivida e até hoje é revivida por muitas pessoas na Ditadura...
    Com certeza, pretendo ler e me emocionar também. Afinal, livros assim, com conteúdo , fazem falta demais!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Essa é uma das leituras que pretendo para esse ano,mesmo que seja um livro com poucos páginas deve valer a pena ser lido,já que a história é envolvente.

    Beijos
    http://nadadecontodefadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Já tinha lido a resenha do livro, e achei muito bacana a trama. A editora lança ótimos livros. *-*
    Quero ler logo essa obra! Ótima resenha!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  4. Gostei do título, ainda mais com o calor que faz aqui na minha cidade kkkkkkk
    Adorei a resenha e nunca tinha ouvido sobre esse livro, sempre bom divulgar novas leituras.

    Daily of Books

    ResponderExcluir
  5. Eu ainda quero ler esse livro, é uma leitura que combina bem com o que estamos passando, e fico pensando como as pessoas acham que o melhor é os militares no poder, nem tem o que falar, pela maneira que tu colocou dá para perceber os momentos angustiantes que essa família viveu sem falar em estar sempre com medo e não ter liberdade.
    Adorei a resenha.
    Beijão

    ResponderExcluir
  6. Olá, Lelê. Tudo bem?
    Gente, eu quero esse livro para ontem!!! Achei genial isso da revolução da criançada, principalmente por se passar na época da ditadura. Acho esse período, apesar de brutal e trágico, interessante para estudos. Então, com certeza vou querer ler a obra.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de março. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  7. que legal a resenha.....................................
    adoreiii
    beijosss

    https://twitter.com/DominoSimmons

    ResponderExcluir
  8. desde que vi este lançamentos aqui no blog ja fiquei de orelha em pé, doida para ler sua opinião! se antes ja queria ler, agora, depois dos elogios quero mais ainda
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi
    Parece ser legal a leitura, nem conhecia o livro mais parece que têm umas ilustrações legais e que bom que gostou de sua leitura.

    momentocrivelli.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Uauu um livro juvenil sobre a época da ditadura? preciso conhecer!

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  11. Oi, Lelê!

    Gostei bastante da resenha. Ainda não conhecia o livro, mas achei o máximo. Abordar um tema tão pesado em um livro infanto-juvenil, mas de forma sutil foi uma boa maneira de apresentar e explicar a época da ditadura.
    Fiquei curiosa para ler. Posso imaginar como deve ter sido revoltante e tocante, ao mesmo tempo.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá Alessandra,

    Não conhecia esse livro, achei bem legal e os desenhas são criativos, anotei a dica....bjs.


    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. Bastante interessada nesse livro , ainda mais por se tratar de uma temática bem autentica , ainda não conhecia esse livro , mais com certeza fiquei curiosa para ler.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...