Resenha: A Playlist De Hayden


Título: A Playlist de Hayden

Autora: Michelle Falkoff

Páginas: 285

Editora: Novo Conceito





COMPRE AQUI:  FNAC,  SARAIVA,  SUBMARINO,  BUSCAPÉ












     Não sei muito bem o que pensar deste livro. Posso dizer que gostei sim, mas entender, entender... não.


"Mas, se naquele momento eu fosse realmente capaz de querer alguma coisa, eu desejaria que o dia passasse o mais depressa possível."
Pag. 11



     A história começa com Sam  tentando acordar seu melhor amigo. Hayden não acorda de jeito nenhum, nem acordará mais. Hayden está morto. Suicídio é a causa da morte. Ao lado do corpo tem um frasco de comprimidos vazio, uma garrafa de vodka também vazia, um pen drive com uma playlist e um bilhete para Sam




 


     À partir daí é que vamos começar a conhecer Sam, Hayden e todas as pessoas envolvidas ou não no suicídio. Todos que de alguma maneira contribuíram para que Hayden desistisse de viver.


"Os paramédicos me fizeram sair do quarto sair do quarto assim que chegaram. Tive de ouvi-los do corredor enquanto tentavam reanimar Hayden."
Pag. 37


     É então que vamos com Sam para o colégio e iremos junto com ele ouvir essas músicas tristes que que fizeram parte da despedida.


"Eles iam mesmo até aquele altar dizer coisas boas sobre Hayden, falar sobre como sentiam a falta dele, que grande perda ele seria para a escola, para a comunidade? Será que aquelas pessoas tinham noção de como, em primeiro lugar, eles contribuíram para o fato de estarmos todos ali naquele dia?"
Pag. 24


     Enfim, muitas coisas irão acontecer, mas algumas coisas não foram bem explicadas e achei que ficaram algumas pontas soltas. Não curti a conclusão, mas gostei do livro;do início até as últimas páginas.


"Mesmo assim, eu tinha certeza absoluta de que Hayden estava certo. Meu Deus, como eu sentia falta de brigar com ele."
Pag. 46


     Narrado em primeira pessoa por Sam. Portanto é pelos olhos e pela mente dele que vamos ter acesso a tudo que diz respeito a Hayden.

     Quanto a isso eu garanto que foi bem legal, Sam apesar de ser tímido é um menino muito querido!


"Durante o breve momento em que nossas mãos estiveram entrelaçadas, eu não tinha mais perguntas. Porém, assim que Astrid a soltou, todas elas retornavam ao mesmo tempo."
Pag. 178


     Gostei demais da leitura,  que por sinal é bem ágil e gostosa. Adorei todos os personagens. Só queria mesmo outro final.

     Claro que recomendo a leitura para todos! Mas depois me contem o que acharam deste final. Vamos debater sobre isso!!!!


10 comentários:

  1. Suicídio é um tema tão forte e tem sido muito usado nos últimos tempos. Com certeza, sempre prende a leitura temas assim!
    Já conhecia a história deste livro, só não tive oportunidade de ler.
    Pelo que li acima, não há muito sobre a Playlist, há?rs Achei que teria muitas citações de músicas..(viajei)
    Mas lerei com certeza, listinha de desejados desde que foi lançado!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. era um livro pelo qual eu não dava nada, mas estou cada vez mais curiosa pela trama
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá Alessandra,

    Li os primeiros capítulos dele e gostei bastante, agora preciso terminar e ver esse final que te deixou assim....abraço.

    http://devoradordeletras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Olá, Lelê.
    Eu quero muito ler esse livro, principalmente por causa do Sam. Sim, por ele. Quero entender como ele reagirá por causa da morte do amigo e como será descobrir mais sobre Hayden através das músicas.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  5. Caramba! Posso dizer o quanto essa capa me enganou??
    Eu não dava nada por esse livro, nem mesmo sabia do que se tratava na verdade! Uma surpresa saber que envolve um tema tão sério como suicídio. Me interessei e quero muuito ler.
    Ótima resenha,conseguiu me persuadir a lê-lo! ;D

    Cafecomtexto.net


    ResponderExcluir
  6. Lelê, eu achei que o livro todo foi bem injusto, sendo preciso o amigo morrer para que Sam pudesse se encontrar, quase como se Hayden fosse o empecilho. Mas também gostei do livro, apesar das ressalvas, no final a autora acabou se saindo bem.

    Dois abraços!

    ResponderExcluir
  7. Lê!
    Infelizmente não recebi esse livro da NC e nem a degustação, portanto, nem posso debater com você.
    Agora achei bem interessante como toda trama ocorreu e gostaria muito de saber como foi que Hayden programou tudo através de sua playlist para que o amigo descobrisse o que aconteceu.
    “Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.”(Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  8. Oi Lelê!
    Eu gosto da temática do livro, mas não fiquei com aquela vontade de ler, sabe?
    Pelo que vi na sua resenha, fiz bem em passar essa leitura, porque pontas soltas é algo que me incomoda. Se o autor deixou elementos para você pensar e amarrar por conta própria, tudo bem. Caso contrário é frustrante, né?
    Beijos,
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Lele! Logo que saiu o livro me interessei, mas confesso que conforme fui lendo as resenhas fui me desanimando. Mesmo assim a proposta do livro me atrai, gosto de dramas e acho que nao vai ter jeito, vou ter que me render a leitura uma hora ou outra ^^

    Beijos,
    Joi Cardoso
    Estante Diagonal

    ResponderExcluir
  10. Acho bem interessante autores que misturam suas histórias com música.
    A temática parece bem legal e envolvente, mas não tenho o hábito de ler ouvindo músicas, mesmo que sejam indicadas para tal momento do livro.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo