14 de julho de 2015

Divulgação: Novo Século

Oi gente!!

Hoje tem novidades da Novo Século - Novos Talentos da Literatura Brasileira. Dá só uma olhadinha, achei bem interessante esses dois lançamentos!





   
 Espiritualidade e Ficção

Chega às livrarias o novo romance de Daniel Mastral, “Nephilim – águas escuras”




A obra é continuação de “Kilaim – águas turvas”, lançado em 2014, e apresenta os elementos que consagraram o autor nos temas ligados à espiritualidade, ocultismo, teologia e história 


Obras que misturam espiritualidade, teologia e suspense são a especialidade do escritor e conferencista Daniel Mastral.  Esses são os ingredientes de “Nephilim – águas escuras”, que será lançado em junho pela Novo Século Editora. O romance traz a continuação da história de Kilaim Mastrangello, filho de Lucipher, em uma trajetória que envolve a escolha entre abraçar o verdadeiro amor ou sucumbir perante a indestrutível realidade de sua própria essência.

Daniel Mastral é autor de diversos romances, alguns deles best sellers nacionais, como o sucesso “Guerreiros da luz”. Este ano, o escritor apresenta ao público mais uma obra repleta de ação, suspense, religiosidade e reflexão, em uma trama permeada por anjos e demônios, luz e trevas, em acontecimentos que fogem da percepção humana.

Enquanto no primeiro livro, “Kilaim – águas turvas”, o leitor conhece a conturbada história do nascimento do personagem até a adolescência, envolvendo amor, ciúmes e vingança, no segundo título da série, o autor mostra o amadurecimento de Kilaim e o descobrimento de novos sentimentos.

“Em meio à dor e à solidão, uma pequena flor surge no caminho de Kilaim. Uma flor que guardou, intocada, uma parte de Camille [mãe do protagonista]. Trazida pelo vento dos acontecimentos, plantada na terra sofrida, regada com singeleza, agora floresce amor e perfuma aroma de vida. (Vida? Como poderia haver vida onde antes só existia morte?)”, revela o autor sobre “Nephilim – águas escuras”.

Daniel Mastral possui extenso repertório literário, incluindo diversos títulos de ensino e reflexão. Publicou seu primeiro livro em 2000, intitulado “Filho do Fogo: o descortinar da Alta Magia”, conquistando o grande público. Após o êxito de sua primeira publicação, passou a desenvolver outras obras literárias e, em 2006, recebeu o prêmio “Areté” pela obra “Voz do que clama no deserto: a conquista”.









            

Novo Século lança “Tristes finais para começos infelizes”, coletânea de contos de um dos vencedores do Prêmio Fnac Novos Talentos da Literatura Brasileira 2014.


A vida é repleta de encontros, desencontros e surpresas – algumas boas; outras, nem tanto.

“Tristes finais para começos infelizes”, do paulista Raul Otuzi, é uma instigante coletânea de contos que nos faz refletir sobre os imprevisíveis rumos que a vida pode tomar. “Meus contos falam sobre os relacionamentos humanos, os seus abusos e absurdos”, diz o autor.

Tudo começa com um olhar. A partir daí, pode ser um sorriso ou uma cara feia, um comentário tolo ou um pedido incomum, uma confissão ou um desabafo inesperado. Qualquer uma dessas cenas pode se transformar no estopim para uma história de amor, uma terna e duradoura amizade, ou para um desencontro sem qualquer chance de retornoDaí, o que poderia ser um apanhado de bons momentos, em instantes transforma-se em situações irreparáveis: ciúme, traição, vingança.

Apesar do título, “Tristes finais para começos infelizes” não é só drama: “Alguns contos são melancólicos, é verdade, mas outros são bem divertidos, cheios de ironia e sarcasmo”, afirma o autor. Nos contos, os diálogos cortantes são capazes não apenas de tirar o fôlego e acelerar o coração do leitor, mas também de levá-lo a prolongar a história ou imaginar desfechos diferentes, como só um bom texto é capaz.
Para você, um desafio: leia “Tristes finais” e tente não se envolver. Tente não se enxergar nas narrativas. Tente não se desconcertar com o modo como tudo termina.

Sobre o autor
Quando tornou-se um dos vencedores do Prêmio Fnac Novos Talentos da Literatura Brasileira, em 2014, o redator publicitário e professor universitário Raul Otuzi, paulista de Ribeirão Preto, sentiu que chegara a hora de investir na tão sonhada carreira de escritor: “Escrevo desde os 18 anos e o prêmio Fnac foi o incentivo que precisava para reunir outras histórias curtas e apresentar à Novo Século minha coletânea de 25 contos”. O conto vencedor do prêmio, “O inventor de profissões”, encerra seu primeiro livro. Inspirado por Luis Fernando Verissimo e Nelson Rodrigues, o autor transita com uma facilidade singular pelo estilo de ambos, sem esconder as influências de J.D. Salinger, Scliar, Tchekhov, Julio Cortázar e Rubem Braga.
 

8 comentários:

  1. oi flor, eu estou curiosa para conhecer mais a fundo tristes finais para começos infelizes
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/2015/07/resenha-o-inferno-de-gabriel.html

    ResponderExcluir
  2. Oi Lê! :)
    Uma das coisas que eu mais curto na Novo Século é essa diversidade de livros legais que eles lançam, sempre tem para todos os gostos. :)
    Dos dois, o primeiro me chamou mais atenção.
    Beijocas
    Coisas de Meninas

    ResponderExcluir
  3. Olá Alessandra,

    Não conhecia os livros, mas aguardarei as resenhas para avaliar melhor....abraço.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Nephilim parece ser bom
    vou ficar de olho nas resenhas

    Mil beijocas
    ⋙ ♥ Blog Livros com café

    ResponderExcluir
  5. Lele!
    Realmente são dois ótimos lançamentos.
    Fiquei ainda mais interessada por Nephilim, já que estudo anjos e gosto de tudo que se relaciona a eles.
    “É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do que à ponta da espada.”(William Shakespeare)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  6. Oi, Lelê!

    Gostei da duas sinopses, especialmente da primeira... Parecem ser boas leituras. Além disso, eu adoro contos.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Olá, Lelê.
    Finais felizes para começos infelizes parece ser um livro bem interessante. Ainda mais por ser de contos, o que eu adoro.
    Vou querer conferir, com certeza!

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  8. Amo contos e acredito que ese Tristes finais para começos infelizes”, eu irei amar =D

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...