Divulgação: Editora Gaivota

Quem é que gosta de livros infantis??

Eu adoro!! :)  E hoje tem novidade para as crianças e para os adultos que curtem também!!




  


LIVRO INFANTIL USA RIMAS DIVERTIDAS PARA FALAR SOBRE A CHEGADA DO AMOR



Dona Ana é uma mulher muito acelerada e sempre faz duas coisas por vez. Mas um dia se cansou dessa vida agitada e decidiu visitar o mágico da cidade. Depois de muita fumaça, virou uma pessoa mais tranquila – e também bastante atrapalhada. Com Seu José, as coisas também acontecem de um jeito peculiar. Faz suas compras semanais no supermercado, mas não gosta de economizar. Na hora de pagar a conta, tira o dinheiro da careca ou da sola do pé. Vai à academia, mas odeia se exercitar.

As histórias acabam por se cruzar quando os dois se esbarram na farmácia e não conseguem mais se largar.

Nessa história divertida e nada convencional, os personagens passeiam por cenários coloridos, cheios de movimento, expressões, cores e sabores. Permite trabalhar temas como: cotidiano, convivência social, diferenças e a chegada do amor.

As ilustrações contribuem para a atmosfera alegre do livro, destacando as formas e cores de cada elemento.



Sobre a autora

Lidia Izecson é pedagoga e mestre em educação. Trabalhou nas secretarias municipal e estadual de educação de São Paulo e possui grande experiência em capacitação de educadores e incentivo à leitura. Entre muitas outras obras, publicou em 2004 o título Cadê meu avô?, pela Editora Biruta. E em 2006, recebeu o prêmio Jabuti de melhor obra paradidática com o Almanaque: Cortes e Recortes da Terra Paulista. Faz parte do grupo Beco de Escritores.





Sobre a ilustradora

Mariana Ruiz Johnson nasceu em Buenos Aires, Argentina, em uma família dedicada ao mundo dos livros. Estudou Artes Plásticas, com foco em ilustrações de títulos infantis. Já publicou obras como autora e ilustradora em diversos países. E recebeu, em 2013, pelo livro Mamá, o Prêmio Compostela al Álbum Ilustrado (prêmio internacional da cidade de Santiago de Compostela, Espanha).





Sobre a Editora Gaivota

A Gaivota, selo da Editora Biruta criado em 2011, prima pela qualidade literária, projetos gráficos ousados, instigantes, e ilustrações que encantam. Mas o desafio vai além: abordar de maneira lúdica temas muitas vezes considerados complexos ou desinteressantes, com o intuito de aproximar crianças e jovens de assuntos que parecem distantes de seu cotidiano. Esse foco não exclui obras que estimulem a fantasia e inspirem a aventura – por isso apresentamos aos jovens leitores aquilo que há de melhor na literatura infantojuvenil nacional e estrangeira, com livros premiados nacional e internacionalmente.




8 comentários:

  1. Eu sou apaixonada por livros infantis. Pela simplicidade das histórias que eles carregam e as ilustrações que sempre nos fazem viajar pelo mundo da imaginação!!!
    Amei a capa e a sinopse e sei que é coisa das boas!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. oi flor, parece ser uma história gracinha, convenceu!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro livros infantis e esse parece ser uma lindeza só. Com certeza leria, Lelê.
    Amei a dica!

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de julho. Serão dois vencedores.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Lelê!

    Gosto bastante de livros infantis. A Gaivota tem um catálogo bem bacana e a história deste livro parece ser bem legal. Ótima dica.

    Beijocas.
    http://artesaliteraria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Alessandra,

    Os livros dessa editora enchem os olhos, um dia eu vou ter alguns com certeza, ótima dica....bjs.


    www.devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Acredito que apesar de ter uma história simples (como deve ser para histórias mais infantis) esse livro deve ser muito bom mesmo. Super gostei do titulo e da capa.

    Beijos
    Vento Literário / No Facebook / No Twitter

    ResponderExcluir
  7. Le!
    Adoro também os infantis, descontraídos e cheios de ensinamentos, linguagem fácil e leitura divertida.
    “Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho.”(Mahatma Gandhi)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    Participe no nosso Top Comentarista!

    ResponderExcluir
  8. Gosto muito de leitura infantil , tão bom e de linguagem tão fácil, acredito que esse lançamento seja ótimo =D ÓTIMA DICA !

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo