Resenha: Lua de Larvas


Título: Lua de Larvas

Autora: Sally Gardner

Páginas: 291

Editora: Martins Fontes



COMPRE AQUI: FNAC,  BUSCAPÉ,  SUBMARINO, AMERICANAS








     Este livro é oito e oitenta. Ao mesmo tempo que sua narrativa é bonitinha, ela também te faz ficar pensando horas a fio sobre assuntos bem densos. Enquanto ele é suave, seu tema é pesado.
     O mundo criado pela autora é fictício e seus personagens não existem, mas tudo tem sua pitada de realidade.

     Ou seja, ele tem o oito e o oitenta!!




"Às vezes eu acho que os adultos são 
simplesmente doidos de pedra. 
Doidos. Doidos varridos."
Pag. 57


     Standish Treadwell é um garoto que leva uma vida bem simples num mundo bem complexo.

     O mundo de Standish é chamado de Terra Mãe. Este mundo é dominado por um governo totalitário que leva a população com mãos de ferro. Ou melhor, na base da tortura mesmo. Se alguém não anda na linha, não faz o que o governo exige, é torturado ou pode até desaparecer. Isso me lembrou muito a época da ditadura. Quem não sabe que muitos dos presos políticos foram torturados e até hoje não se tem notícia nenhuma de nenhum deles?
     O primeiro toque de realidade eu encontrei aí.

     Os pais de Standish, ao que tudo indica, desapareceram. Ele vive com seu avô de maneira bem precária. 

     Seu melhor e único amigo é Hector, que é bem corajoso e muito companheiro.


"As lágrimas inundam tudo, põem um
nó na garganta, põem sim. Fazem que eu
queira gritar, é o que fazem."
Pag. 11


     Standish e Hector descobrem um grande segredo da Terra Mãe, um segredo que derruba tudo o que toda a população acreditava. 

     Guardar segredo onde todos são vigiados é bem difícil. Na Terra Mãe tudo que se fala é ouvido, tudo que se faz é visto. Isso me lembrou o Big Brother de 1984, e por que não nosso próprio mundo hoje.

     
"Mate um rato, e todos os parentes dele 
virão procurar você. Mate sete, e eles 
entenderão que você não brinca em serviço."
Pag. 42


     Só que um dia o governo resolve levar Hector e sua família; e Standish não vai sossegar até encontrar o amigo. Ele, seu avô e alguns rebeldes então resolvem enfrentar o governo.

     E coisa boa é que isso não dá.


" - Antes da guerra, quando havia casas
bonitas, não bombardeadas, nas ruas, as
pessoas cultivavam a boa vizinhança. Se
alguém precisasse de alguma coisa, 
a gente dava."
Pag. 32


     O livro é narrado em primeira pessoa por Standish, que traz além do seu cotidiano, suas lembranças. Portanto já deu pra entender que a narrativa não é linear, Standish traz seu passado o tempo todo. O que é ótimo!! Confesso que gosto muito disso!!

     A Terra Mãe é um lugar devastado, as descrições deste mundo e do que acontece são terríveis. Em contrapartida a amizade dos garotos é perfeita. Amor puro e verdadeiro.

     A capa é maravilhosa, assim como a diagramação. Os capítulos são super curtinhos, o que faz a leitura ser muito ágil.

     As ilustrações trazem uma realidade dolorida à trama. Todo o livro é impecável!!

     Realmente me apaixonei por tudo. Recomendadíssimo!!!
     

13 comentários:

  1. Achei super feio o nome do livro.rs E quando comecei a ler a resenha, fiquei um pouco com receio do que iria encontrar!rs Mas...não foi nada do que imaginei(graças a Deus).rs
    Parece um livro bem simples...mas com uma história boa, que provavelmente prende o leitor.
    Não sei se realmente leria..rs
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Confesso que a primeira vez que vi e ouvi falar sobre esse livro foi quando foi mostrou na caixa de correio.
    Não é o tipo de livraria que chamaria a minha atenção em uma livraria, mas a história realmente parece ser muito boa.

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  3. pra ser sincera com você não fiquei gamada no livro devido à capa. Sinistra!!!!!!!!!!! A história que você conta na resenha, aí é outra coisa. Você conseguiu me deixar curiosa com a profundidade e ao mesmo leveza do texto. Por sua causa vou tentar ler também. Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Nossa, que capa linda.. O titulo chama muita atenção, e essa capa.... Adorei a resenha, e fiquei super curioso!

    ResponderExcluir
  5. Bem diferente a capa e essa coisa de não ser nenhuma coisa e nem outra. Aliás, ser uma coisa e também ser outra. O livro realmente chamou a minha atenção e os quotes são bem atrativos. Eu até dei risada dessa de matar um rato e matar sete. Adorei o livro e quero ler, sem dúvidas.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista. São 6 livros para escolher e 2 ganhadores.

    ResponderExcluir
  6. Eu tô muito afim de ler esse livro....
    eu só tô vendo elogios desse livro, e a estória dele é muito legal..
    eu querooo
    :3

    ResponderExcluir
  7. Esse gênero não é um dos meu preferidos, porém alguns já me conquistaram. Já ouvi falar desse livro e só vejo elogios. Gosto de livros que tem ação bem construída para não se tornar algo enfadonho, nesse tem rebeldes e deve ter momentos empolgantes. Parabéns pela resenha Lele.

    Abraço5
    Luke

    ResponderExcluir
  8. Olá! Amei a resenha e adorei tudo o que falastes acerca do livro... Me empolgou bastante e ele está entrando na minha próxima lista de compras. Gostei dele ser bem estilo montanha russa rsrsrsrs.
    Parabéns =D

    ResponderExcluir
  9. a premissa é interessante, entretanto não é um dos livros que mais me atraiam! acho que é enredo que não conseguiu me conquistar verdadeiramente!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. Oi, Lê!

    O nome e a capa do livro não me agradam, mas a história é muito interessante! Gostei da resenha, bastante atrativa.

    Beijão,

    Natalia Leal
    Páginas Encantadas
    http://www.paginas-encantadas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  11. A história é até interessante, achei diferente, realmente tem uns toques de realidade e acho isso bem legal! Mas acho que por não ser o tipo de leitura que eu geralmente faço, não me chamou tanto a atenção assim! ;/

    Beijos,
    Fer - http://viciosemtres.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Olá Alessandra,

    Esse é mais um livro que fico conhecendo aqui, achei bem interessante e diferente, a capa também é bem intrigante, com certeza vou anotar na minha lisa....abraços.

    devoradordeletras.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  13. nossa nunca ouvir falar desse livro achei mto interessante irei comprar para poder ler bjoos

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...