Resenha: O Grande Gatsby



Título: O Grande Gatsby

Autor: F. Scott Fitzgerald

Páginas: 282

Editora: Tordesilhas



Compre aqui:  BUSCAPÉ,  FNAC,  SARAIVA









     Primeiramente eu gostaria de explicar os motivos de eu ter escolhido esta edição para ler e não simplesmente baixado o livro gratuitamente, já que "O Grande Gatsby" é de domínio público, ou ter comprado de outra edição.



      Esta edição é a única que tem o prefácio original escrito pelo autor em 1934. Ou seja, o livro foi lançado em 1925, mas a reimpressão da Mordern Library é a que contém este prefácio.
      Ler o que o próprio autor diz de sua obra já é perfeito.

     Segundo motivo; esta edição ainda contém as cartas escritas por Fitzgerald ao seu editor na época de pré-lançamento. Todas as angústias e medos dele sobre o livro, a necessidade das alterações em alguns capítulos, escolha do nome, capa e a vida de Gatsby.



     "Acho que meu romance é provavelmente o  
melhor romance americano já escrito. É brutal
em algumas passagens, tem cerca de 50.000
palavras, e espero que você não se inquiete."
(Trecho de uma das cartas de Fitzgerald enviada 
seu editor Max)
Pag. 251



     O terceiro motivo é que no final tem uma cronologia completa do autor, desde o seu nascimento em 24 de setembro de 1896, até o falecimento de sua única filha Scottie Fitzgerald Lanaham, em 18 de junho de 1986.

     O quarto e principal motivo, é claro, é a história.

     Nick era um rapaz de origem humilde e que acabou de se mudar para uma casa relativamente simples. Logo Nick fica fascinado com a vida de seu vizinho Gatsby, o típico playboy americano. Sua rica mansão é sempre iluminada por grandes e luxuosas festas cheias de pessoas milionárias e famosas.
     Inesperadamente, Nick recebe um convite para uma das festas de Gatsby, e aí sua vida é tomada por acontecimentos inusitados.

     A história é narrada em primeira pessoa, e é Nick que nos apresenta todos os personagens. Além do misterioso Gatsby, ainda temos a volúvel Daisy e seu marido Tom. E Jordan, a jogadora de golfe.

     Daisy e Gatsby se conheceram durante a 1º Guerra. E o reencontro dos dois é promovido por Nick.

     O passado de Gatsby é um mistério absurdo, porém no presente ele é um homem extremamente rido. E é com esse luxo que ele seduz Daisy. E a confusão é formada, contando com Tom, o marido sem muitos escrúpulos; e junto com Nick e Jordan que ficam no meio disso tudo.

     Na era do jazz, toda a depressão de uma Nova York triste pós guerra é revelada de uma forma incrível.

     Volto a falar da narrativa do autor; a maneira com que ele descreve os sentimentos de Nick é contagiante, o jeito com que ele descreve seus personagens é apaixonante. A ponto de não saber por qual personagem torcer, qual amar mais... Não tem como escolher um.

     Tem mais uma coisa,  o livro termina depois do final. É isso mesmo. Sabe quando um livro acaba e você fica querendo saber o que aconteceu depois? ... Isso não acontece aqui, porque depois do fechamento da história, o autor se estendeu mais um pouco, para que possamos saber o que aconteceu com seus personagens tempos depois.


"Não há confusão comparável à confusão
de uma mente simples, e ao nos afastarmos
Tom sentiu as infernais chicotadas do pânico."
Pag. 165


     A capa do livro é a mesma do filme, e eu gostei do clima anos 20 criado nela. A diagramação é simples, mas preciso parabenizar novamente a editora por sua revisão impecável. Nunca encontrei erros em nenhum de seus livros, e este não foi diferente.

     Independente de você gostar de clássicos ou não, dê uma chance para "O Grande Gatsby".


"Olhei de novo para eles e eles me olharam 
de volta, mas distantes, dominados por uma
vida intensa. Então me retirei da sala e desci
a escada de mármore sob a chuva,
deixando-os ali, juntos."
Pag. 132

25 comentários:

  1. Gosto muito de clássicos a vou gostar da leitura e dos anos 20 mais ainda. gostei que esse livro tem introdução é legal saber um pouco mais.

    ResponderExcluir
  2. Eu sempre me interesso em ler clássicos, principalmente quando esses são relançados e recentemente adaptados para o cinema, o que significa que não é um livro qualquer. Já tinha ouvido falar do autor, é claro, e conhecia O Grande Gatsby por nome, mas comecei a me interessar em lê-lo depois que ele passou a ser bastante comentado devido ao lançamento do filme. Gostei muito da história, quero muito ler o livro pra depois assistir o filme. Com certeza essa edição é a mais interessante, por tudo que você falou e, claro, com o adicional de ter essa bela capa do filme. Adorei a resenha! =D

    ResponderExcluir
  3. Quero muito ler o livro e ver o filme, nunca li sobre a história a funda, mas lembrei q trabalhei com o trecho do livro na faculdade, então, me despertou o interesse.

    ResponderExcluir
  4. Eu gostei desse livro. Vi ele num sebo e acho que vou ir lá comprar, estou só lendo resenhas e vendo classificações dos leitores. Mas achei bem interessante e tenho certeza que vou gostar porque adoro literatura clássica :D

    ResponderExcluir
  5. Já tem um tempo que querida ler esse livro, e quando esse foi lançado com a capa do filme, marquei esse mesmo para comprar, mas com todas as informações adicionais na resenha de seu conteúdo, não dá mesmo para ser outro.....

    ResponderExcluir
  6. Eu não sabia que esse livro era um clássico e só soube dele através do trailer do filme. Eu dei uma olhada na saraiva e vi várias edições diferentes mas a que eu mais gostei foi justamente essa. A maioria das pessoas que eu conheço não gostam de livros com capa do filme, mas eu adoro e achei essa capa muito linda.
    Eu não gosto de clássicos mas vou dar uma chance para esse livro. Já que todo mundo está falando bem dele eu acho que vou dar uma chance.

    Ah, o dvd e os marcadores chegaram hoje muito obrigada. Amei os marcadores fofos que você mandou e tinha um no meio de mangá que eu morri de amores por ele. A cartinha ficou bem fofa também. *-*
    Vou assistir o filme e depois eu venho dizer o que achei dele.

    Beijos!
    http://prateleiracolorida.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Tô muito louca pra ler esse livro, o que pramim é muito surpreendente já que eu sou uma daquelas pessoas que corre de clássicos, mas esse mexeu comigo, deixou minha curiosidade no seu ápice, mas acho que grande parte disso se deve ao fato do trailer do filme que vai ser lançado em breve ter me encanado, e claro que eu fiquei muito curiosa a respeito do Gatsby, saber o que esse cara tem, e claro quero conhecer mais sobre os anos 20... jazz...

    ResponderExcluir
  8. Ainda não conhecia o livro.Mais com o filme lançado,bateu uma curiosidade de querer saber como o livro é.Se é tão bom quanto o filme.Adoro livros com temas diversificados e dos anos 20.Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Eu não sabia que esta edição continha todas essas informações adicionais. Confesso que nunca li nada do Fitzgerald, portanto acho que este livro será um grande começo.

    ResponderExcluir
  10. Estou interessado em ler este livro, tenho uma amiga que o recomenda e quero ver o filme

    ResponderExcluir
  11. Adoraria ler e ter essa obra na minha estante, Clássico fantástico cheio de intrigas... já estou amando este livro.

    ResponderExcluir
  12. Eu sei, só tive interesse pelo livro com a chegada do filme mas como toda boa leitora quando soube que a historia foi uma adaptação de um livro fiquei super curiosa para ler a obra :) Dizem que uma crítica ao american way of life é vdd ?

    ResponderExcluir
  13. Adoro clássicos... com certeza darei uma chance a esse!

    ResponderExcluir
  14. Outro que depois de ler resenha aqui vou ter que ler.
    "Tô pensando em ir a falência" hehehe

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
  15. Quero muito ganhar esse livro,já assisti o filme ano passado na versão de 1974 com o Robert Redford numa atuação impecável digna de oscar,a pedido da minha professora de inglês,para enter a vida da alta classe americana.Na torcida para ganhar,se Deus quiser.

    ResponderExcluir
  16. SEGUIDORA: ANDRESSA NUNES


    Pelo visto a resenha indica que o filme é tão bom quanto o filme, vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
  17. Um clássico magnífico! Adoro! Ótima resenha, parabéns!

    Michelle Figueira

    ResponderExcluir
  18. Eu leio clássicos sempre que posso, e li esse liro muito tempo atrás embora a edição não fosse muito boa, essa edição é linda e nada se compara a um livro bem feito, acrescenta muito ao prazer da leitura.

    ResponderExcluir
  19. Eu adorei este livro, me transportei para os anos 20 e me senti nas festas do Gastby: Jazz e glamour!!! Adorei sua resenha e estou com muita expectativa quanto ao filme!!!

    ResponderExcluir
  20. Realmente são inúmeros os motivos para ser ler essa edição em específico. Um livro completo, não apenas com a trama, mas com um belo apanhado sobre o autor. Fiquei com vontade de conhecer de perto essa edição.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  21. Gostei, agora to com vontade de ler :)

    ResponderExcluir
  22. to com muita vontade de ler. realmente adoro classicos, esse ta na lista de desejados

    ResponderExcluir
  23. Lele!
    Interessante poder ler o prefácio original, acredito que escolheria ese também, porque afinal, quanto mais informações em uma leitura, melhor.
    Essa época dos anos 20 era glamour puro e ainda com ilusionismo, é fantástico.
    Quero muito poder ler o livro.

    Desejo uma ótima semana!!
    Blogueiras Unidas 1275!
    Paz, amor e muita luz!
    cheirinhos
    Rudy
    BLOG ALEGRIA DE VIVER E AMAR O QUE É BOM!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo