#Resenha: O Saortur - Segredos de um Reino Sem Nome

    
Título: O Saortur - Segredos de um Reino Sem Nome

Autora: Natalia Smirnova Moraes

Páginas: 324



COMPRE AQUI: AMAZON,  CLUBE DOS AUTORES


















     Um livro de fantasia para me agradar deve ser extremamente bom, pois esse gênero não faz parte das minhas leituras comuns.

     Acontece que a maioria é tudo cópia de algum outro. Cópias descaradas mesmo. Nada de novo.

     Quando vi a sinopse de "O Saotur - Segredos de um Reino Sem Nome" pensei: "Opa! Tem algo aqui!!"

     Conversei com a autora e percebi que não só seu livro tinha algo, ela também. A Natalia Smirnova Moraes é linda e um doce de pessoa. Foi um prazer falar com ela. Ah! Se todas as autoras fossem iguais a ela... Enfim, vamos ao livro.


" - O mundo do qual você vem, o mundo além das fronteiras de nossas terras protegidas pela sombra dos escudos... o seu mundo... me fascina."

     Constantin é um homem do mar que viveu de tudo um pouco durante sua vida, e quase encontrou-se com a morte durante um naufrágio.

     Os tripulantes desapareceram e só Constantin sobreviveu. Inexplicavelmente (porém nem tanto) ele foi parar numa praia distante e desconhecida.

     Foi salvo por Lyhty, uma garota linda, inteligente, engraçada e muito prestativa. Entre os dois surge logo uma grande amizade.

     Todos querem saber quem é o forasteiro. Constantin fica encantado com o lugar, com as pessoas... ele tem certeza que encontrou seu porto seguro. Esta cidade parece o melhor lugar do mundo para se morar. E isso realmente parece ser verdade.


"Mas isso não era o mais estranho ou o mais assustador... não... aqueles que caíam ao mar tinham suas cabeças jogadas para fora da água. Arrancadas do seu corpo."


     Para ele é dada então a função de escritor da cidade. Constantin deverá descrever todas as aventuras que viveu e entregar este livro no prazo estipulado pela rainha.

     Essa missão parece fácil?

     Só parece.

     Durante o tempo em que ele escreve, outras histórias deste reino também são contadas. A que mais me emocionou foi a de Helena, uma mulher prometida, mas que não queria se casar com o noivo que lhe foi arranjado.

     Enquanto se lamentava pelo seu destino infeliz, ela conheceu o amor nos braços do único ser que não deveria. E isso lhe custará muito mais do que só a felicidade.


"Não havia mais ninguém lá. Apenas uma marca ensanguentada escorria pelo gélido vidro, esfriando rapidamente o sangue fresco. Décadas se passaram desde então e nunca mais se ouvir falar do último Castelo de Pedra."


     Um emaranhado de histórias e personagens complexos que se entrelaçam perfeitamente.

     O desenvolvimento dos personagens é ótimo, fácil de acompanhar e amar. Eles vão envolvendo o leitor como longos braços e fica difícil sair desse abraço.

     Os Saotur são seres marítimos que eu nunca havia visto, e isso me agradou demais. Além disso, não temos uma mocinha frágil que deve ser resgatada e amada. Temos mulheres fortes que lutam por seus desejos e aguentam até não poder mais.


"Esta não é uma história sobre um náufrago que não consegue se lembrar de quem é, ou que onde vem. Constantin se lembrava de tudo perfeitamente, porém, preferia esquecer."


     Tudo é original, diferente e perfeito!

     A capa é linda, tem tudo a ver com a trama. Foi a própria autora que desenvolveu a arte, portanto ela tinha total certeza do que precisava colocar ali para tocar o leitor.

     Recomendo a leitura não só para os amantes da fantasia, mas também para quem gosta de romance, aventura, de personagens incríveis, histórias poéticas e maravilhosas. Ou seja, recomendo para todos.



















6 comentários:

  1. Também não sou fã totalmente de livros assim,pelo mesmo motivo que você citou: todos iguais.
    Mas gostei demais do que li acima, deste enorme diferencial. A capa é belíssima e a história parece ser completa. Não focando apenas na fantasia,mas num conjunto de outras coisas!
    Vai para a lista de desejados com certeza!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. A historia conseguiu me convencer e leria com toda certeza para descobrir todo os mistério que roda diante da historia, trabalhou muito bem com os personagens fazendo com que o leitor conheça muito mais.
    Adorei, abraços!!!

    ResponderExcluir
  3. Lê!
    Esse ano ando mesmo em busca de ideias inovadoras, principalmente em livro de fantasia que tem se tornados tão repetitivos que por vezes enjoa.
    Fiquei bem curiosa em poder acompanhar cada história descrita no livro e conhecer Os Saotur.
    Gostaria de ler com toda certeza.
    Desejo uma ótima semana!
    “ O amor é a sabedoria dos loucos e a loucura dos sábios.” (Samuel Johnson)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP COMENTARISTA ABRIL especial de aniversário, serão 6 ganhadores, não fique de fora!

    ResponderExcluir
  4. Olá!!
    Gostei dos gêneros misturados, perfeito, o enredo tbm parece bom, vai pra minha listinha claro!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Olá.
    Eu gosto desse gênero, mas não são todos os enredos que me conquistam. Fiquei bem interessada e curiosa por esse! Parece uma leitura bem completa.
    Ótima resenha.
    Beijos.

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...