Divulgação: Edelbra

Edelbra no catálogo de Bolonha.


Livros selecionados pela FNLIJ para representar o Brasil na Feira do livro infantil de Bolonha.




A Feira do livro infantil de Bolonha, na Itália, é o mais importante evento mundial sobre livros para crianças e jovens. Editoras e entidades que representam o livro se encontram, expõem seus livros e projetos, negociam direitos autorais. Autores e ilustradores trocam ideias e contatos e todos esperam ansiosamente o resultado do prêmio Hans Christian Andersen, que em 2014 premiou o brasileiro Roger Melo na categoria ilustrador.


A Fundação Nacional do Livro Infantil e Juvenil (FNLIJ) prepara anualmente um catálogo com uma rigorosa seleção de títulos para representar as publicações brasileiras em Bolonha. Neste ano, 6 títulos da Edelbra foram selecionados.

Conheça os livros:





   








Esta coletânea dá sequência ao projeto da Edelbra Editora, iniciado com o livro Deu no jornal (2008), de publicar uma amostra das crônicas escritas por Moacyr Scliar entre 2008 e 2010 no jornal Folha de S. Paulo. Em suas crônicas semanais, o autor mostra o lado fantástico da vida real, criando histórias inspiradas em notícias do jornal. A banda na garagem reúne 25 dessas crônicas, selecionadas por Regina Zilberman, em que o autor consegue transformar os fatos cotidianos em literatura leve e humorada. Da descoberta da vuvuzela como instrumento musical à patrulha do beijo, das campeãs de judô aos jogos do Facebook, nada escapa ao seu olhar atento.


Em breve, resenha e sorteio no blog. Fique ligado!!














  

Faz parte da tradição indígena ouvir os avós. Eles são considerados os sábios da comunidade porque costumam contar as histórias dos ancestrais. São considerados os guardiões da memória e responsáveis por educar o espírito dos mais jovens. 

Ao contar histórias ou lembrar às crianças sua origem, os avós – homens e mulheres – não os deixam esquecer de onde vieram, para onde vão e qual o papel de cada um neste universo no qual nos movemos.

É isso que o leitor irá encontrar neste novo e encantador livro escrito pelo premiado escritor Daniel Munduruku, que nos presenteia com a magia e a sabedoria da cultura indígena.  





















A Coleção Pedaços de Vida apresenta a biografia do olhar paterno. Nas crônicas temos Fabrício Carpinejar às voltas com os filhos Mariana e Vicente. São memórias da vida com os filhos, dos sentimentos despertados pela paternidade. Nas orelhas do livro texto de Celso Gutfriend.  




























Quantos jogos você conhece? Amarelinha? Esconde-esconde? Prefere os radicais? Os virtuais? O jogo dos tesouros não tem vencedores nem perdedores. É preciso estar muito atento para decifrar o mapa, perceber os sinais. O prêmio é simples (mas valioso). Um minuto de alegria. Boas risadas. Um sorriso secreto. Satisfação pessoal e intransferível. Ou felicidade coletiva. A chance de recomeçar. Basta decifrar o mapa. E perceber os sinais.

























Xerazade era moça feita de histórias, imaginação abastecida nos tantos livros que a mãe lhe dera e que ela mesma buscava, ávida por mais e mais narrativas. E essa bagagem de imaginação a fez diferente naquele mundo tão igual de moças todas de destino já traçado. E foi assim que Xerazade entendeu que naquele mundo imaginado estava a possibilidade de criar uma nova história.A vida real é pequena e nem sempre dá as respostas de que precisamos. Na ficção, porém, tudo é possível e, nesse tanto de possibilidades, Xerazade e o Coronel encontraram o que procuravam.




XERAZADE, A ONÇA E O SACI já foi resenhado aqui no blog. CLIQUE AQUI E CONFIRA A RESENHA.  
















Esta coletânea — As três faces da moeda — oferece a oportunidade de leitura da adaptação por Heloisa Priento de dois grandes narradores: Ryunosuke Akutagawa1 e Andrew Lang2. O primeiro, nascido no Oriente, escreve com um toque de ironia. Andrew Lang, por sua vez, é um narrador capaz de projetar o encantamento da palavra mágica. Quando se mergulha em seus textos, surge a sensação de transporte para uma espécie de mundo paralelo, onde as regras estão ocultas e tudo pode acontecer. Afinal, quantas faces tem uma moeda? Se você pensa que são apenas duas, cara ou coroa, engana-se! Ao ler os contos perceberá que toda a moeda tem uma face secreta.




AS TRÊS FACES DA MOEDA já foi resenhado aqui no blog. CLIQUE AQUI E CONFIRA A RESENHA.  





















































5 comentários:

  1. Olá, Lelê.
    Estou namorando Xerazade, a onça e o saci desde que li a resenha aqui no seu blog. Segredos de um violino também parece incrível.

    Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de maio. Você escolhe o livro que quer ganhar!

    ResponderExcluir
  2. oieeee Lelê....
    que legal as suas divulgações....
    eu gosto até delivros infantis.... e fico pensando nos que causaram esse impacto quando eramos crianças :D
    #Adorei
    beijosss

    @DominoSimmons

    ResponderExcluir
  3. oi flor, que enredo lindo esse de"foi vovó que disse", encantei
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Ótimas escolhas para participar de um evento tão importante e interessante, fiquei bem curiosa pela leitura de A Banda na Garagem. Ótimo post!

    Obrigada pelo carinho. Beijos :*
    Claris - Plasticodelic

    ResponderExcluir
  5. Um mais lindo que o outro , queria todos os laçamentos srsrsrsrs

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...