Resenha: Despedaçada


Título: Despedaçada

Autora: Teri Terry

Páginas: 398

Editora: Farol Literário




COMPRE AQUI: SARAIVA,












     Por mim eu fazia essa resenha só com ♥♥♥♥♥♥♥♥.

     Uma quantidade infinita de corações, mas acho que não seria suficiente para vocês entenderem o que rolou no final da Trilogia Reiniciados.


" - Eu não vejo nenhum propósito melhor para
a minha vida. Servir e proteger os jovens do nosso
país não é parte do seu trabalho, como OCJ?"
Pag. 132



     "Despedaçada" começa exatamente do ponto em que encerrou "Fragmentada", portanto vou tentar ao máximo não dar nenhum spoiler.

      Kyla, agora de posse de muitas de suas memórias, longe de Ben, cheia de dúvidas, mais perdida do que sempre esteve, mas ao lado de amigos que realmente gostam dela; ela parte para descobrir mais da sua vida, do seu passado e assim tentar ajudar a ela e aos outros.

     Ela sai em busca da sua mãe e de lembranças que ela vem tendo desde o início.

     Porém, quando ela chega as coisas que ela descobre não são nada do que ela estava esperando. As pessoas são bem diferentes do que ela queria. Nada é como ela queria na verdade.

     Ela definitivamente não tem em quem confiar, ou pelo menos não sabe em quem confiar e contar tudo que vem surgindo.

     Os Lordeiros e as autoridades querem vê-la morta definitivamente, já que o boato da sua morte já se espalhou só falta mesmo o corpo.

     Fugir e descobrir será sua mais assustadora aventura!!


"Minha mãe verdadeira, a que me deu à luz,
não uma designada por um Lordeiro. Foi ela 
quem denunciou meu desaparecimento,
como eu tinha pensado. Minha mãe... aquela
da qual eu não consigo me lembrar."
Pag. 47


     É difícil falar do último livro de uma trilogia, mas é mais difícil ainda falar quando eu gosto do livro, ou quando o final é melhor do que eu imaginava.

     Vou dizer o que eu mais gostei então: Diferente de muitas outras trilogias distópicas, esta deixou  suspenso um quase triângulo amoroso, e quando eu achei que isso iria me desagradar, a autora veio e passou uma rasteira. Deixou claro que o "quase" triângulo era necessário para mostrar que traições são totalmente humanas e o amor pode surgir quando menos se espera. A confiança nasce da convivência e do quanto conhecemos o passado de quem amamos.

     Profundo isso!!!

     Família é aquela que se preocupa com o outro, que aceita seus integrantes como eles são. 

     A verdade deve sempre ser buscada, mas nem sempre tudo é como tem que ser. Aceitar ou não vai de cada um. A vida é assim!!

    
"Em pouco tempo estou com uma identidade
falsa em mãos: uma garota de olhos cinzentos,
de dezoito anos, apta a viajar e viver sua 
própria vida: Ryley Kain.
Que vida devo escolher viver?"
Pag. 19


     Quanto ao livro, tem tudo o que uma boa distopia tem que ter, e nesse último a autora não poupou vidas. Tem guerras, tiroteios e muitas mortes. Tem correrias e disfarces à vontade!! Tudo que eu amo!

     A autora foi ousada e não deixou pontas soltas. Todos os segredos foram revelados, tudo foi resolvido. Tudo muito imprevisível, mas perfeito!!

     Vou sentir falta da Kyla, isso é fato!


"Ela olha diretamente para ele e lhe conta
que seu irmão chutou uma bola que 
acertou um Lordeiro. Quando o Lordeiro
se recusou a devolvê-la, Jack o perseguiu.
O Lordeiro pegou uma arma. E puxou
o gatilho."
Pag. 265


     Tem uma coisa que preciso contar!! Não sei se vocês já estão sabendo, mas a trilogia já adquirida e irá para as telonas possivelmente no ano de 2015!!! E eu fiquei muito feliz em ver a Kyla como ela realmente é, pois a modelo da capa é a mais cogitada para ser a protagonista!!! E este rosto é perfeito para o papel. 

     Garanto que este filme será sucesso de bilheteria. E se você ainda não começou a ler a trilogia, deve correr e ler logo!! Tenho certeza que irá gostar!!

     Bem, a capa é tão linda quanto as outras. A diagramação é simples e impecável, a revisão é digna de um grande livro!! Tudo perfeito!! Adoro o trabalho da Farol Literário!!

     Não sei mais como te convencer de que adorei o livro e que estou extremamente triste em me despedir.

     LEIA!!!!



"E se todas as pessoas do país dissessem não,
ao mesmo tempo, como Aiden pensa que fariam
se soubessem o que realmente acontece" Eles
não pedem prender todo mundo."
Pag. 55











10 comentários:

  1. Acho horrível quando a gente se depara com o último livro de uma trilogia que nem começamos..Dá uma pontinha de tristeza dolorida e arrependimento por não ter feito isso ainda.
    Desde que o primeiro livro foi lançado, esse namoro persiste e me lembro de ter acompanhado a resenha aqui no blog mesmo..
    Distopias tem um ingrediente que me irrita um pouco, esse deixar pontas soltas..mas foi tão bom ler que nesta é diferente. Que tudo se encaixa e ao mesmo tempo que se encerra, não se encerra.
    Quero demais conhecer Kyla os outros personagens que fizeram essa trilogia tão diferenciada.
    Lerei, com certeza!!!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Bom, acho que comecei lendo de forma errado sobre a série, claro que já vi os outros livros e capas, mas eu nunca fui atrás para saber do que se tratava... Na época eu estava meio cansada de distopias e por isso não me interessei, porém acredito que fiz besteira ao fazer isso k O livro parece ser muito bom e fico imensamente feliz em saber que o final da trilogia é bom, o que é difícil de se encontrar por aí... Não curto muito quando tem triângulos amorosos, mas gostei do porque dele, mesmo assim eu meio que tenho certeza que irei torcer para um e odiar todos os momentos do outro. Darei em breve a chance da leitura das obras, espero me envolver e me conquistar tanto quanto a você!
    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Estou querendo ler essa trilogia ha um tempão, confesso que mais pela capa linda mas sempre vou deixando para depois, o fato de ser uma distopia não ajuda muito. Mas se o ultimo livro da serie é tao bom assim vou tentar dar uma chance para essa distopia.

    ResponderExcluir
  4. Aii, eu também amei Despedaçada, que trilogia perfeita! <3
    Estou ansiosa para ler mais livros da autora pra já! hahaha
    E também achei que eu ia desgostar do triângulo, mas ele serviu realmente pra isso!
    Adorei!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  5. oi flor, não ando com pique para iniciar uma nova série, ainda mais em um tema que pouco me atrai
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Esse não é bem meu tipo de livro... mas adorei a resenha...
    e seus quodes...
    mil beijos amora :)
    www.cantodadomino.blogpost.com.br

    ResponderExcluir
  7. Estou ansiosa pra chegar a essa parte do livro. Ainda estou no primeiro e estou amando a história e a personagem. Estou encantada com cada página lida. A história está sendo uma grande surpresa pra mim. E amei saber que este continua empolgante como os outros da série. Assim já sei que não vou me arrepender.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Esse final da trilogia está agradando a todos, e olha que é muito difícil um final de distopias ser bom.
    Amo quando um livro é cheio de reviravoltas imprevisíveis! E como gosto de personagens corajosas então com certeza vou gostar da Kyla.
    Excelente resenha! Um abraço

    ResponderExcluir
  9. Não li nenhum dos livros ainda, mas parece que essa série é boa, ainda mais trazendo uma personagem tão interessante quanto a Kyla. Fiquei intrigada com essas várias personalidades dela.

    ResponderExcluir
  10. Capa maravilhosa. Quero ter todos agora, para enfeitar minha estante hahaha.
    Brincadeira, achei a premissa bacana e com um foco narrativo bem a minha cara. Despertou minha atenção de cara, e tenho certeza que irei devorar. Essa sua resenha me encantou <3

    www.gemices.com.br

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...