Resenha: A Outra Vida



Título: A Outra Vida

Autora: Susanne Winnacker

Páginas: 272

Editora: Novo Conceito



COMPRE AQUI: FNACBUSCAPÉPONTO FRIOSUBMARINO EXTRASARAIVA









     Eu estava precisando de um livro assim. Rápido e cheio de ação. Aquele tipo de livro que não dá pra parar de ler.




"Três anos, um mês, uma semana e seis dias
se passaram desde a última vez que vi a
luz do dia. Um quinto de minha vida."
Pag. 7


     É narrado em primeira pessoa. Sherry é uma garota de quinze anos e que desde os doze está dentro de um abrigo construído em baixo de sua casa. Ela está com seu pai, mãe, irmão, irmã caçula, avó e seu avô que está morto há seis meses dentro de um freezer.


"Eu ainda não tinha ido a uma festa, nunca
tinha pintado o cabelo, nunca tinha beijado
um garoto. Existiam tantos "nuncas". "
Pag. 14


     A vida dentro do abrigo não é nada fácil. Sem nada pra fazer além de ver televisão e pedalar para gerar energia.
     A situação piora ainda mais quando a reserva de comida chega ao fim.


"Mil cento e quarenta e um dias desejando
o silêncio. E agora que finalmente o 
tenho, não o suportava."
Pag. 46


     Em Los Angeles um terrível vírus 'escapou' do laboratório. Esse vírus deixava inicialmente as pessoas com febre e irritadas. As que não morriam desta raiva, eram transformadas em mutantes que mais pareciam monstros. Aqui são chamados de Chorões, pois de seus olhos saem um líquido gosmento, como se fossem lágrimas espessas.
     Os mutantes são extremamente fortes e muito ágeis. O alimento preferido dos mutantes são os humanos.


"Os Chorões não eram nem seres humanos
nem animais. Eram alguma coisa. 
Alguma coisa errada."
Pag. 158



     A família de Sherry não sabe muito sobre o que está acontecendo fora do abrigo, nunca viram um mutante, e os contatos por rádio não aconteciam há muito tempo. Mas o desespero de ver a família com fome, faz com que pai e filha saiam do abrigo para conseguir comida.
     O plano não dá certo, e poucas horas depois de saírem, o pai é levado por um mutante, e Sherry é atacada por outro.


"Nenhum carro nas ruas. Nenhuma
fumaça. Nenhuma pessoa."
Pag. 41


     No último segundo o Chorão é derrubado com um tiro dado por Joshua.

     Joshua, um garoto que perdeu toda a sua família. Perdeu para os mutantes e também para os humanos ambiciosos, loucos e violentos. O único sentimento que Joshua carrega é 'vingança'.


"A imagem de meu pai em algum prédio
abandonado e escuro para se tornar
comida não me saía da cabeça."
Pag. 81


     A atração que Sherry sente por Joshua é inevitável. Mas como salvar a família? Caçar mutantes? E ainda ter tempo e disposição para namorar nesta nova vida cheia de devastações?? 
     Impossível?
     Nem tanto.


"O olhar dele estava voltado para o que
restava de Los Angeles. Às vezes, desviava-se
  para o local onde encontramos os corpos,
 embora a distância só permitisse
 ver o contorno deles."
Pag. 36


     A narrativa da autora é ótima, muito ágil, sem detalhar nada além do necessário. As descrições são perfeitas; exemplo: "Coloquei um jeans e tênis velhos". Entendeu? Sem cor, nem marca, nada. Todo o resto fica por conta da sua imaginação. E devo confessar que adoro isso. Assim eu consigo me transportar para o personagem, consigo ser a Sherry.
     No final de cada capítulo a autora nos presenteia com um breve texto com momentos das lembranças de Sherry. Lembranças rápidas, flashes de sua infância, tudo antes do vírus, na outra vida.

     A diagramação está linda. Perfeita e tem tudo a ver com a história.
     Gostei da capa. Tem elementos que são encontrados na história, como a contagem dos dias na parede. Adorei!

     Eu gosto muito de livros distópicos. Adoro esses seres mutantes, e se forem criados em laboratório então, aí eu fico louca, rs.

     "A Outra Vida" é o primeiro livro de uma série. E mesmo sendo o primeiro, não ficou preso nas apresentações. Tem muita ação, todos os personagens foram muito bem apresentados, de forma rápida e eficiente. Não tem como não se envolver com todos.

     O final do livro é surpreendente. Cheio de revelações. Tudo vem à tona. Algumas coisas são esclarecidas e outras serão resolvidas no próximo livro. A autora deixou um cliffhanger muito bacana na última página. Só pra me deixar mais louca ainda!!!
     "The Beyond Life" já foi lançado fora do Brasil. Agora é só esperar que a editora traga logo pra cá!!

     Se você gosta de livros distópicos com muita ação, e um leve toque de romantismo, não deixe de ler este livro!!

     Eu adorei e recomendo!!





51 comentários

  1. É bom ver e ler que as distopias ainda continuam com tudo!rs
    Mesmo tendo a impaciência como aliada, esse tipo de leitura ainda me prende demais!
    Confesso que fico meio apreensiva com esses "mutantes"..me soou algo bem parecido como The Walking Dead(série que amo de paixão),comparações me irritam um tanto bom.
    Bacana é a pitada de romance, sempre é bem vindo esse "pitaco" nos livros, ainda mais em meio ao caos.
    Gostei dos detalhes na medida exata, criar cenários é maravilhoso né?rs
    Amei..preciso escrever que quero demais ler?rs

    Um Beijo!!!

    ResponderExcluir
  2. Eu gosto muito de distopias e estou bem curiosa para ler esse livro.
    Vai ser uma das minhas próximas leituras e espero gostar.
    Adorei a capa e a achei o trabalho gráfico do livro muito bom, a única coisa ruim de séries é esperar as continuações serem lançadas..rsrs

    bjs
    Tais
    http://www.leitorafashion.com.br

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro distopias e adorei tudo sobre essa rs. Pensei que seria só mais uma história sobre zumbis "/ Gostei de saber que foi por causa de um vírus que toda essa confusão começou. Adorei a resenha, me fez ficar mega interessada no livro =)

    http://nerdicesdeumagarota.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Apesar de sua resenha ser positiva e você ter gostado bastante, eu não gosto muito de livros com "zumbis, ou coisa parecida" :S
    Uma pena, porque você super recomenda né... quem sabe no futuro eu mude de ideia né..

    Beijo

    ResponderExcluir
  5. que detalhe bonito das páginas!
    é a primeira resenha que leio, me pareceu muito com o filme eu sou a lenda, rápido, dinâmico e cheio de ação! confesso que quando li que o avô estava morto no freezer choquei! não consigo imaginar uma situação tão cruel e doida, um virus assolando uma cidade, mantendo pessoas presas e destruindo lares, como o do Joshua, esses livros retratam um pouco da ambição desmedida, é uma ficção, mas não custa muito pra ser realidade
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Não vou deixar de conferir mesmo. Meu exemplar já está aqui, e em breve será lido.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  7. Uau, essa é a primeira resenha que leio sobre esse livro, e achei a trama bem interessante e dinâmica, cheia de ação......Fiquei com bastante vontade de ler.

    ResponderExcluir
  8. Caramba, parece ser muito legal! Não curto a maioria das distopias que circulam por ai, mas esse parece ser bem diferente, sem governantes insanos e com um perigo fora do controle de todos. E que momento seria mais imprevisível para se apaixonar do que quando seres mutantes querem se alimentar de você? Adoro essas agonias de sobrevivência e amor. A capa é um primor e adorei a borboletinha na lateral. Espero ter a oportunidade de lê-lo.
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Tb adoro distopias e esse é um dos que mais quero ler desses novos lançamentos da NC!
    Não sei quando vou conseguir fazer isso, pq nas últimas semanas a vida anda meio corrida e a pilha cresceu, mas espero poder conferir em breve *-*

    Bjs,
    Kel
    www.itcultura.com.br

    ResponderExcluir
  10. Eu adoro livros distópicos mas confesso que não sou exatamente fã de zumbis. Porém, se existe livro com essa temática seria esse e Guerra Mundial Z... Quero muito ler esse livro, tenho certeza de que vou amar!
    Beijos

    http://viciosdeumabaiana.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Amigaaa
    Como tu é rápida, eu nem recebi estes livros ainda...Esse com certeza vai ser o primeiro da nova leva da NC, eu amo as distopias...Tb adoro os mutantes feitos em laboratório...kkkkkk, já leu Partials?? É muito bom tb...mas só deus sabe quando a ID vai lançar o segundo...

    Beijão amiga

    TeLa
    http://www.penseiraliteraria.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Também gosto muito quando um autor não desperdiça tempo narrando roupas e etc. Eu nunca entendo nada, mas se falar "tinha uma mesa e uma cadeira", ou "uma blusa e um jeans velho" fica mais fácil. Às vezes o escritor fica falando o tipo de madeira da mesa, a cor e essas coisas, aí não consigo imaginar heheheh'

    Gostei da sua resenha, não sabia que esse livro era distópico, pensava que era apenas um romance ^^

    ResponderExcluir
  13. Ale,

    Vou ler o quanto antes, adoro distópicos!

    ResponderExcluir
  14. Oi Lelê, estou muito curioso por esse livro, essa coisa de "vírus de laborátório" também me atrai e eu estou louco para lê-lo!
    Também gosto de livro sem muito blábláblá, livros objetivos têm pontos positivos comigo rs
    Beijos!

    Gustavo Valim
    http://jantandolivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Lele <3
    Recebi esse livro na quinta-feira e fiquei doida para ler assim que li sua resenha. Eu curti bastante a sinopse quando fui solicitá-lo, mas não estava esperando muito dele. Mas pelo visto ele vai me surpreender.
    Resenha perfeita como sempre!
    Beijos
    http://www.coisasdemeninasarteiras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Adoro livros que deixam bastante espaço para nossa imaginação, como no caso do tênis.
    Eu e minha filha lemos a resenha juntas e devo confessar que ela ficou mais empolgada que eu para ler o livro, esse negócio de gosmento não me atraiu muito, kkkk, já minha filha achou que foi um algo a mais.
    Nome de seguidora: Miriam Guiraldelli

    ResponderExcluir
  17. Muito boa resenha, fiquei muito interessado pela história!!

    ResponderExcluir
  18. Distopias são sempre interessantes.A resenha está excelente e dá vontade de comprar,mas vou esperar o sorteio

    ResponderExcluir
  19. Adorei os trechos da narrativa que você colocou, tem um misto de Diário de Anne Frank com Estilharça-me, quero muito ler! E pra melhorar ainda é uma distopia..q eu amo!

    ResponderExcluir
  20. Desde que eu vi esse livro entre vários lançamentos ele chamou minha atenção, estava esperando alguém me dizer se era legal ou não, acho que vou gostar. Primeiro de tudo por ser uma distopia, gênero que me agrada muito e além do mais é um livro só, com uma história super interessante.

    ResponderExcluir
  21. Sou fã assumida de zumbis, então é claro que esse livro tem elementos pra me conquistar.
    Fiquei bastante curiosa em relação a ele desde a primeira resenha que li no skoob falando de seu lançamento.
    É um dos livros que eu quero adquirir, mas ganhá-lo é ainda melhor >.<

    ResponderExcluir
  22. Estava sentindo falta de livros assim, com ação e diálogos diretos. Estou bastante curiosa e espero conseguir, a resenha está ótima, parabéns.

    ResponderExcluir
  23. OI o livro deve ser mesmo ótimo vou procura-lo para ler!

    Bjs, me segue por favor se ja segue ignore!E comenta por favor neste post ajudaria muito.
    http://resenhasteen.blogspot.com.br/2013/09/independencia-do-brasil-7-de-setembro.html

    ResponderExcluir
  24. Adoro distopia!! Quero muito ler esse livro!
    Esse vírus que modifica as pessoas em mutantes, me lembra muito zumbis, mas pelo que deu pra notar pode ser que para esses mutantes tenha uma cura.
    A leitura parece ser rápida e simples, sem muito detalhamento, como você disse os detalhes fica por conta da imaginação do leitor, achei bacana.
    Essa capa eu não gostei muito, mas ela chama a atenção, e esse detalhe de borboleta achei um mimo, muito lindo e delicado, essa borboleta é em todo início de capítulo?
    Aiaiaiaiaia quero logo poder ler esse livro. *.*
    Parabéns pela resenha, ADOREI!
    Bjus!!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até esqueci de comentar, achei muito engraçado chamarem os mutantes de chorão rsrs, meio que perde um pouco a credibilidade, mas também fica só no nome, porque eles são bem perigosos.

      Excluir
  25. Que resenha incrível! Eu tinha me interessado por esse livro, a princípio, mas daí achei que talvez não valesse a pena, mas com certeza voltei ao meu interesse! E, bom, é o que me cairia bem agora, hahaha.
    literallypitseleh.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  26. Adoro distopias, só estão atrás dos romances mesmo!!! Fiquei curiosa para ler esse livro agora... =]
    Parabéns pela resenha
    Bjos
    Alinne
    http://alinnegon.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  27. Uau! Nunca na minha vida eu ia imaginar que o livro fosse contar essa história. Nunca li uma distopia mas gostei muito da resenha. Quando eu vi a capa eu não me interessei muito, mas agora eu gostei da história. Vou procurar ler logo logo! :D

    Bjs!

    ResponderExcluir
  28. Ain distopia.. ouço essa palavra já quase choro por não ter lido tantas que eu queria :(
    e ai está mais uma que promete ser maravilhosa!
    O mais bacana no genero é esse toque de ação que nos encanta! *-*
    Adorei a ideia de ter um final surpreendente! *-* e parece sre um livro bem direto o que é bom, leitura rápida! :D

    Beijos!
    tamigarotaindecisa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  29. Parece muito bom esse! É a onda das Distopias já ganhou o mundo inteiro rsrs Mas eu achei esse assustadoramente bom.
    Acho que também tô precisando de um livro de ação desses de prender a respiração.

    www.reticenciando.com

    ResponderExcluir
  30. Corri aqui pra ver sua resenha do livro ;)

    Também gostei muito do texto ágil, rápido, sem muita firulas - se tem uma coisa que eu detesto é personagem que passa meia página se lamentando por tudo o que perdeu e blábláblá... - acho que a série tem tudo para cativar os leitores, e espero mesmo que isso aconteça.

    Quanto à capa, num primeiro momento eu não curti muito não, mas lendo o livro os elementos começara a casar e fazer todo o sentido.

    Dois abraços ;)

    http://www.pontolivro.com

    ResponderExcluir
  31. Corri aqui pra ver sua resenha do livro ;)

    Também gostei muito do texto ágil, rápido, sem muita firulas - se tem uma coisa que eu detesto é personagem que passa meia página se lamentando por tudo o que perdeu e blábláblá... - acho que a série tem tudo para cativar os leitores, e espero mesmo que isso aconteça.

    Quanto à capa, num primeiro momento eu não curti muito não, mas lendo o livro os elementos começara a casar e fazer todo o sentido.

    Dois abraços ;)

    http://www.pontolivro.com

    ResponderExcluir
  32. Corri aqui pra ver sua resenha do livro ;)

    Também gostei muito do texto ágil, rápido, sem muita firulas - se tem uma coisa que eu detesto é personagem que passa meia página se lamentando por tudo o que perdeu e blábláblá... - acho que a série tem tudo para cativar os leitores, e espero mesmo que isso aconteça.

    Quanto à capa, num primeiro momento eu não curti muito não, mas lendo o livro os elementos começara a casar e fazer todo o sentido.

    Dois abraços ;)

    http://www.pontolivro.com

    ResponderExcluir
  33. Distopia não é meu gênero favorito, mas , esse livro parece ser muuuito bom, com uma história interessante e com muita ação. Espero poder ler em breve.

    ResponderExcluir
  34. Adorei conhecer o livro e a história da personagem. Como você também gosto desse tema e ação. Mas não gostaria de estar na pele da mocinha não. Que horror deve ser. Mais vou adorar ler. Beijos.

    ResponderExcluir
  35. Apesar de ser mais um "clichê" de apocalipse zumbi, tem romance. Eu adoro romance, estar apaixonada então, nem se fala. Vou ler pra ver o desenrolar e torcer pela mocinha. Valeu \0/

    ResponderExcluir
  36. Tive as mesmas impressões que você, principalmente em relação ao ritmo e a escrita super exata da autora. Não vejo a hora do próximo volume da série. Bem que a Nc poderia ter mantido a capa original, né? Apesar de ter gostado dessa, rs.

    http://www.ohmydogestolcombigods.com/

    ResponderExcluir
  37. Fiquei ansiosa quando descobri sobre esse livro, só acho uma pena que tenha pouca romance, mesmo assim eu ainda quero lê-lo e descobrir um pouco da narrativa da autora.

    ResponderExcluir
  38. zumbis e romance, não tem como ser ruim!
    Adoro esse tipo de história, que possibilita experimentar essas cituçoes malucas nas quias eu não queria estar rs!

    ResponderExcluir
  39. SEGUIDORA: ANDRESSA NUNES

    Resenha bem elaborada, abordando de forma simples e inteligente o conteúdo do livro, nos dando uma boa noção sobre o enredo, facilitando o entendimento e despertando o interesse dos leitores.

    ResponderExcluir
  40. Eu adoro distopias!!!
    É bom saber que esse livro é uma trilogia, já que estou muito curiosa para conhecer esses tais Chorões!
    Fiquei aqui imaginando esses mutantes, como eles são, hahaha.
    E se o final é surpreendente quero ler o mais rápido ainda!

    ResponderExcluir
  41. Adoro histórias com zumbis ação e romance, fiquei super interessada em ler o livro!

    ResponderExcluir
  42. Eu honestamente não havia me interessado muito por esse livro, inicialmente. Acho que estou cansada dessa modinha de zumbis e tals - assim como me cansei da moda vampiros graças a Crepúsculo. A sua foi a primeira resenha que li por completo e confesso que gostei bastante! Vamos ver no que dá esse livro e como o recebo.. :)

    ResponderExcluir
  43. Começei a ler a distopia Feios, mas acabei sem tempo para terminar e desde então fui deixando-o de lado. Porem amei de verdade sua resenha, fiquei intrigada para saber como tudo acontece realmente e sinceramente acho que é um livro de deixar sem folego. Daqueles que precisamos levar um copo bem grande de água, um pacote de biscoitos e ficar próximo ao banheiro para não desgrudar dele ate que ele acabe. Curiosidade pura agora !

    ResponderExcluir
  44. Já tinha visto esse livro por aí, mas nunca tinha parado pra saber mais sobre ele. Confesso que adorei saber que é uma distopia, e o melhor de tudo, cheia de ação e com umas pitadas de aventura/suspense. Fico imaginando o quão difícil deve ser passar por uma situação dessa que Sherry e sua família está passando, e sem falar na questão de sair e ficar na iminência de ser atacada por esses monstros. O fato é que fiquei bem curioso pra ler.

    @_Dom_Dom

    ResponderExcluir
  45. Esses trechos me deixaram super louca pra ler esse livro. As imagens dele são perfeitas, amo suas resenhas com essas fotos, me deixam ainda com mais vontade.

    ResponderExcluir
  46. A ideia do livro é bem legal, o que me interessa bastante.Gosto de resenhas com quotes porque me ajuda a decidir melhor se eu quero ou não ler. Sem contar que é uma distopia! Eu amo distopias! rs

    ResponderExcluir
  47. Uau, amei a resenha!
    Amo livros distópicos e acho que a leitura deste livro não será diferente.
    E achei muito legal que a narrativa não se prende muito em detalhes, há livros que são quase uma página inteira detalhando um quarto!
    Amei a diagramação e sua resenha só aguçou mais ainda minha curiosidade sobre esse livro!
    Beijo*

    ResponderExcluir
  48. Gente, amei o livro. Quero também ler um livro pra sair do normal e ele parece ter tudo o que eu preciso! A diagramação dele está muito linda mesmo!
    Não vejo a hora de lê-lo. Adorei a resenha :D

    ResponderExcluir
  49. É a primeira resenha que leio desse livro e adorei a premissa. AMO distopias e gosto do toque zumbi + luta pela sobrevivência + muita ação.
    Achei a narrativa sem muito detalhes bem interessante! Como você disse, deixa para a imaginação do leitor preencher as lacunas.
    Pensava que era um livro único, mas não me importo por ser série se o livro for bom.

    ResponderExcluir
  50. In love com distopias haha
    Vou ser sincera eu estava em duvida sobre esse livro, sobre ler ou não.. Mas depois das resenhas que eu venho lendo e das criticas positivas espero comprá-lo em breve

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...