Nova parceria: Flavia Cristina Simonelli





Bom dia!!!
Tenho a felicidade de apresentar para vocês a nossa mais nova parceira, Flavia Cristina Simonelli.



A autora:
Flavia Cristina Simonelli nasceu em São Paulo, estudou no colégio Dante Alighieri e se formou em Letras e Administração pela Universidade de São Paulo.

Em 2001, iniciou seus estudos de Antroposofia, vindo a concluir, anos depois, a Formação de Pedagogia Curativa e Terapia Social e em 2008, começou a cursar Formação Biográfica pela Escola Livre de Estudos Biográficos, com o intuito de aprofundar seus conhecimentos do desenvolvimento da vida humana, com base nas leis biográficas. Publicou seu romance de estreia, A Porta, em 2007.



 Comecei a escrever o romance A Porta há alguns anos, na verdade, em 2001, mas apenas o primeiro capítulo. Sabia que tinha algo a ser escrito, uma história que ainda permanecia calada, e não conseguia evocar suas imagens, vislumbrar seu caminho. Então, foi quando busquei um caminho interior, pois muitas questões sobre a vida, os valores do nosso tempo, começaram a surgir. Comecei a ler Mitologia, psicologia, sobretudo Jung, eu queria ter algumas respostas sobre o ser humano, nosso caminho, quem somos? Para onde vamos? Um dia, conheci a obra de Rudolf Steiner e todo aquele conteúdo, no início difícil, foi fazendo sentido para mim. Comecei a fazer a formação em Pedagogia Curativa e Terapia Social, conheci pessoas na Antroposofia, pessoas que tinham a mesma busca.

Esse caminho de conhecimento foi o que me impulsionou a retomar a história que eu havia iniciado anos atrás. Então, tudo fluiu. Os personagens surgiram, construíram-se a partir de diálogos, de verdadeiros encontros. 

A personagem Taís, cujo nome pesquisando depois, significa "aquela que deve ser contemplada", é uma mulher que percebe a ausência da essência humana diante do tumulto da modernidade, em que tudo deve ser rápido, descartável, prático, numa roda de consumo infindável, fazendo-nos ter a sensação de que o tempo voa e o vazio interior jamais é preenchido. Ela tenta resgatar o verdadeiro sentido da vida, das festas cristãs, afinal, se as comemoramos por que não conhecemos o seu verdadeiro significado? Taís sai em busca de respostas e encontra o tempo interno, o tempo presente, onde vive a liberdade e a eternidade.

A história é narrada por um ponto de vista feminino, e outras personagens, mulheres revelam-se em sensibilidade e sabedoria. No entanto, tão importante quanto Taís, é Gabriel, o homem que chama sua atenção pois, "embora seus pés estivessem firmes, pregados ao chão, sua cabeça parecia tocar as estrelas". 

Escrever é uma forma de expressar-me, embora as histórias se formem em imagens e fantasias, são conteúdos que encontram uma maneira de ir para o mundo. Escrever é encontrar-se com o outro, mesmo que a leitura se dê numa grande distância de tempo. O leitor é aquele que ressuscita as palavras que ficariam adormecidas num livro fechado. O leitor dá novamente vida aos personagens a cada leitura. Assim, escrever é uma parte que se completa ao se encontrar com aquele que lê. Essa é a beleza da escrita. Um diálogo silencioso, mas verdadeiro, profundo, sem pressa para começar, nem para acabar.



Seus livros: 


Paixão e Liberdade

Isabel e Camila estudaram juntas na faculdade e se reencontram vinte anos depois. Camila volta da França para lhe contar uma culpa que carrega. Alta executiva, vendida ao poder, rompe com seu passado corporativo e vai a uma comunidade na Irlanda, fase rica e cheia de descobertas em que conhece Anna, a midwife, tornando-se também parteira. Adota um menino, casa-se com um médico sem fronteiras, mudando-se para a França. Nathan, seu marido, a vê como mulher ideal, cheia de valores e desconhece o peso que a atormenta. Assim, sua última atitude transmite dubiedade: terá ela sido amedrontada ou corajosa? Intentava se reconciliar com Nathan ou ao menos se confrontar com a realidade?

Isabel conta também sua história. Viúva, separada e apaixonada por Fabrizio, professor de inglês, homem indeciso de meias palavras. No entanto, ele lhe revela seu lado secreto: suas esculturas. Isabel, envolvida em paixões por toda a vida e percebe o quanto esses sentimentos a aprisionam. Encontra a liberdade pela Arte, a literatura.

Existem algumas surpresas no final.O romance termina de maneira instigante em que as histórias se misturam, por meio do recurso metalingüístico de reescrever o final de Camila através da lente ficcional de Isabel.

O romance tem o intuito de levar o leitor a refletir sobre a verdadeira liberdade. Como podemos ser livres quando ainda somos impulsionados por medos, desejos e paixões? Qual é o caminho interior que nos encoraja a nos desamarrar de tudo o que nos impede de expressar a própria essência? Além de ser uma narrativa forte e envolvente sobre duas histórias que se entrelaçam, Paixão e Liberdade é um romance que encaminha para o autoconhecimento e à busca de respostas para profundas questões humanas.




 A Porta

Uma história de amor pode nos levar a encontrar o sentido para a existência?
Podemos despertar para uma nova consciência no meio da agitação da cidade grande?
O que somos em essência diante da efemeridade da vida e das relações?
Por que nos angustiamos tanto pelo desejo de satisfazer a tantas necessidades?
Sabemos o que significam as festas cristãs para o desenvolvimento humano?
O que une um homem e uma mulher para além da paixão?


O romance A Porta conta uma história de amor que conduz a um despertar da consciência diante de grandes questões humanas. O leitor é levado a vivenciar a angústia, a solidão e o inconformismo da personagem Taís, num momento de sua vida em que resolve encontrar-se com sua própria essência. Mas é a partir do encontro com Gabriel que ela começa a desvendar o sentido da existência, num mundo em que tudo parece estar de passagem.




 Ausência

Daniel é médico neuropsiquiatria e começa a tratar de Ervin de Apolinário, professor aposentado que apresenta uma doença degenerativa. Tudo estaria dentro da rotina do consultório, não fosse a doença de Alzheimer reavivar na memória de Daniel antigas dores, misturadas à paixão obcecada por Natasha, filha do paciente, provocando a desestruturação de seu casamento e a culpa por transpor seus limites éticos. Ausência é um romance que coloca ao leitor uma questão perturbadora: o que acontece quando a mente começa a apagar as lembranças que constituem a própria biografia? O desenvolvimento do Alzheimer e o dilema de Daniel são o fio condutor dessa trama permeada por relações complexas e questionamentos existenciais que levam a refletir sobre o dinamismo inesperado da vida.




Fiquei muito feliz com essa parceria!!!!
Todos sabem o quanto eu adoro literatura nacional, principalmente porque ela vem crescendo e melhorando mais a cada dia!! E tenho certeza que a Flavia Cristina veio acrescentar mais beleza à isso tudo! 


Caso queira conhecer mais sobre a autora e suas obras, visitem o site:



Mais uma coisinha:

Coloque na agenda, a autora estará na Bienal dia 15/08 das 16:30 às 17:30 autografando.
E o lançamento do livro Ausência  será no dia 30/08, na Livraria Cultura da Av Paulista, das 18:30 ás 21:30 h.

Espero que tenham gostado da novidade de hoje!!

Bjkas

10 comentários

  1. Parabéns pela super parceria!


    Bacio, Selene Blanchard
    MODA E Eu
    Modaeeu.blogspot.com
    Espero sua visita

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela parceria nova! Super legal!

    ResponderExcluir
  3. Parabens pela parceria!! Não tinha ouvido falar dessa autora antes mas os livros dela parecem ser muito bons!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  4. Parabéns pela nova parceria!
    @Kari_Couto
    www.mixliterario.com

    ResponderExcluir
  5. Parabéns pela super parceria! Nunca li nenhum livro da autora, mas Ausência e Paixão e Liberdade parecem muito legais!

    Beijos, Carol
    Thousand Worlds

    ResponderExcluir
  6. Parabéns pela parceria, os livros da autora parecem ótimos!

    beijos
    Luana - Lendo ao Luar

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pela parceria. Eu não conheço o trabalho da autora, mas os livros parecem ser bons.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  8. Parabéns pela parceria Lele! Já li um dos livros da Flávia Cristina Simonelli, Paixão e Liberdade, e curti bastante. Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Uma parceria de peso, diria eu.
    Parabens minha amiga. Sei que parcerias assim só tendem a fazer com que o blog cresça, e nós, leitores, ganhemos mais e mais informação e posts recheados de novidades.

    Beijos e que a Flávia seja muito bem vinda!

    ResponderExcluir
  10. Uma parceria e tanto heim?! Muito legal! Parabéns pelo dia do Escritor!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...