#Resenha: 60 Horas


Título: 60 Horas

Autor: Rodrigo de Oliveira

Páginas: 24

Independente





















     É um conto de apenas 24 páginas que deveria ser lido rapidamente e sem compromisso, mas não se engane, ele não é simples assim. Você vai começar a ler, vai parar algumas vezes com ódio dos personagens e do autor, vai deixar de lado enojada(o), vai xingar bastante, mas depois retoma a leitura e o que era pra ser uma leitura de algumas horas no máximo, irá permanecer na sua cabeça por dias e dias. 

     Aqui conheceremos um homem, um policial treinado para ser um torturador na época da ditadura  militar no Brasil. E ele faz bem seu trabalho. Como um bom cachorro, faz o que lhe foi ensinado, até pra receber seu biscoitinho depois. 

     Deixando meu veneno de lado, bora voltar pra leitura. 

     Em paralelo a essa história toda, iremos conhecer também uma mulher, que irá misturar tudo e fazer um rebuliço... Qualquer coisa dita aqui será um tremendo spoiler, contudo vou acrescentar uma coisinha só; como já é esperado, o autor não deixa de lado seu lado sombrio e sobrenatural, e claro que neste conto que era pra ser curtinho, acaba ficando imenso com tantos elementos, mas todos se encaixam perfeitamente e dá pra visualizar toda a situação e acreditar que tudo é verdade sem tirar nem por. 

     Amei, não consegui ler em uma horinha como esperado. Demorei dois dias, pois tive que parar pra xingar o autor e respirar fundo, no dia seguinte, já recuperada, voltei e encerrei. E esse sentimento é o que me faz amar a leitura e admirar cada dia mais o autor. 

     Recomendo para todos que não esperam romance romântico, mas irãi se emocionar e chorar como se fosse!! 








Nenhum comentário :

Postar um comentário

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Topo