Resenha: A Ideia



Título: A Ideia

Autor: Lucas Chagas

Páginas: 420

Editora: Novo Século - Novos Talentos

Compre Aqui: SARAIVA, CULTURA, EXTRA, BUSCAPÉ
















     Estou perplexa com tudo que li. Foi uma leitura cheia de altos e baixos, mas no final foi alto, aliás altíssimo.
     A Ideia é escrito em formato Backward Motion, ou seja, no começo de cada capítulo vamos presenciar um personagem conversando diretamente com o leitor, falando sobre suas dores e seu sofrimento, outras vezes, conversando com Deus e perguntando porque Ele permitiu que tantas coisas ruins acontecessem.
     Logo em seguida o tempo retrocede e a história começa a ser narrada por Beatrice Dumont, Bia para os amigos.
     Bia era uma garota muito estudiosa, cursava Letras, tinha sonhos normais para uma moça da sua idade.
     Ela perdeu os pais quando ainda era menina e por isso foi criada por uma tia. Sua relação com essa tia era muito complicada. Algumas vezes eu entendia que essa tia gostava mesmo da sobrinha, pois seu extremo cuidado demonstrava isso, em contrapartida dalgumas vezes parecia que ela estava colocando na sobrinha sua infelicidade por ter se privado de coisas porque tinha que criar como filha uma garota que não era dela. Complicada mesmo a situação. E por isso Bia se achava mesmo um fardo. Sempre dizia que "tinha uma vida estragada".


"Eu sou uma vencedora, mas isso não 
faz da minha vida uma vitória. Um 
desgosto por cima do outro."
Pag. 83


     Mas ela vai levando, tem bons amigos que estão sempre presentes e não deixam que ela se sinta só.
     Numa tarde ela resolve jogar bilhar em um barzinho e lá ela vê um garoto que chamou sua atenção de imediato. Bia nunca se envolveu afetivamente com ninguém, mas esse garoto mexeu mesmo com ela.
     E assim ela volta ao bar algumas vezes, até conhecer o garoto que invadiu sua mente.
     Muitas coisas acontecem até que os dois comecem a se entender, depois mais e mais coisas vão acontecer...


"Quando você vive a realidade, o seu
sorriso é mais forte, O sol brilha mais
intenso. Seu coração fica mais calmo,
sua respiração, leve."
Pag. 222 




     É um romance leve, tranquilo de ser lido, pois acompanhamos o dia-a-dia de Bia sossegadamente.


"Mas que eu não vivo, eu vegeto. Viver é ser
feliz, rir bastante, conhecer pessoas 
interessantes, chorar por amor."
Pag. 297




     Acho que todas as reclamações feitas à editora sobre os erros de revisão finalmente foram resolvidos, pois esse é o primeiro livro bem escrito e sem erros, ou melhor, se tinha algum passou despercebido.
     A capa é linda e sua diagramação é simples. As páginas são levemente amareladas.

     Eu recomendo a leitura para quem gosta de romances bem escritos e rico em detalhes no decorrer da história.



13 comentários:

  1. Eu já tinha visto esse livro, mais nunca me interessei por ele. Mais depois de ler essa resenha, nossa já estou totalmente curiosa em descobrir como ele é.
    Beijos,
    luanycomy.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  2. mas tem que ser assim mesmo
    porque se a gente nao reclamar ele nao ajeitam
    xp
    eu já vi um livro de uma editora com erros gritantes D:
    gostei da resenha

    ResponderExcluir
  3. Oi, tudo bom?
    É muito bom dar uma passada no seu blog.
    Ai esse livro parece ser tão fofinho *.*
    Nunca li, nem vi nada sobre ele, mas já ta anotado.
    Espero muito que ele faça sucesso.
    E parabéns pela resenha.
    Quero ler!
    Poliana Araújo
    Território das garotas
    @territoriodg
    Bjss *-*
    Passa lá no blog?
    http://territoriodascompradorasdelivro.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Já tinha visto este livro em outro blog e sua capa é bem legal, e seu conteúdo bem interessante. Adoro romance e esse já está em minha lista. Que bom que não contém erros e que é uma história bem escrita.

    ResponderExcluir
  5. Sei lá..
    Parece que o nome e a sinopse não combinam..é isso mesmo??rs
    Tá, isso não tem nada a ver, pq a sinopse é boa e pareceu mesmo ser um livro tranquilo, sem muita pretensão.
    Não fez minha cabeça, mas quem sabe qualquer hora dessas eu acabe lendo ele né?rs

    Beijinhos

    ResponderExcluir
  6. Achei o livro legal, mas não senti vontade de ler.
    É um livro interessante, inteligente, mesmo assim não me chamou atenção...Não senti vontade de ler mesmo. Fico só na resenha =/

    ResponderExcluir
  7. Gosto de livros assim, onde passa a impressão que a personagem fala diretamente com o leitor, gostei da resenha e me interessei.

    ResponderExcluir
  8. Não li ainda, mas pela sua resenha parece ser um ótimo livro para ler num final de semana de chuva, debaixo das cobertas. Isso, porque hoje tá bem friozinho aqui em Blumenau-SC.

    ResponderExcluir
  9. Ameeei a resenha. *-* Preciso ler esse livro, rs. Parece que as palavras se direcionam à mim. ^^

    Parabéns pelo blog. :))

    ResponderExcluir
  10. Eita... quando um livro se mete a conversar com DEUS, não é uma tarefa fácil...e quando ele encanta uma RESENHISTA tão boa como a Ale, vale a pena ser lido!!!

    Estante do Cosme - www.estantedocosme.com.br
    Cosme Potter

    ResponderExcluir
  11. Gostei muito da resenha, achei as frases retiradas do livro demais! Apesar de não ser super fan de romance acredito que ele trata de muito mais que isso. Tomara que seja uma obra super criativa e inovadora! Abraço!

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
© To Pensando em Ler - 2017 | Todos os direitos reservados.
Desenvolvimento por: Jaque Design | Tecnologia do Blogger.
imagem-logo