CURTA A SEGUNDA: Entrevista com Mallerey Cálgara

Mallerey, que bom que está aqui conosco!! 
Olá Alessandra e querido leitores! 
É um prazer enorme estar novamente aqui usando seu cantinho para divulgar meu trabalho. 



Pra começar gostaria que você contasse um pouco sobre o livro ANJO NEGRO e de onde veio a inspiração para criar a história. 
Sempre gostei de ler muito sobre anjos e percebi que todos os livros que tinha lido, sempre havia um romance envolvido.  Foi então que resolvi escrever algo diferente, que fugisse de tudo que eu já havia lido e me veio a idéia de escrever sobre um Nefilin, o filho de um anjo com um humano e que falasse de amor, mas de um amor fraternal. A isso, acrescentei um pouco de história, religião e mitologia grega, que também gosto muito. 
Busquei inspiração nos animes e na Divina Comédia, e criei Darian, o Nefilin. Não há muitas batalhas físicas, o foco é nas batalhas internas do personagem onde ele vive um conflito, um dilema, e está dividido entre a razão e o coração.   
Após ter feito sua escolha inicial, ele se torna um anjo guerreiro e juntamente com o seu anjo da guarda, a doce Hadji, combatem os seres das trevas e solucionam casos para as almas em sofrimentos e as resgatam no final, mas sem abandonar seu objetivo, que é salvar sua mãe. 
Anjo Negro não tem nenhum romance e os anjos não são tão bonitinhos assim, aqui eles parecem estarem bem mais próximos de nós do que imaginamos. 
Já tem previsão para a continuação? 
Comecei a escrever recentemente a continuação e parei, embora já tivesse feito um esboço a mais tempo. Parei porque no momento estou me dedicando a outra obra que particularmente estou adorando escrever por ser muito engraçada, que se chama “Conto de Fadas as Avessas”. Por esse motivo, acredito que a continuação de Anjo Negro demorará um pouco mais para ficar pronta, talvez para o segundo semestre do próximo ano. 


 E quanto aos livros O SEGREDO DA CAVEIRA DE CRISTAL e O BECO DA ILUSÃO, tem algo que você possa adiantar pra gente?? 
Beco da Ilusão foi um livro que me emocionou muito enquanto escrevia. Acredite, tinha partes que não conseguia nem colocar as idéias no papel de tanto chorar. 
Ele começa em 1931, com a história deYidish, uma menina judia que mudou com sua família para Berlin, dois anos antes de Hitler subir ao poder.Ela é muito engraçada,bemdiferente dos seus irmãos. Ficouconhecendoo balé e passoua ter um sonho, ser bailarina. Encaixei a história dela nacronologia dos acontecimentos do Terceiro Reich, e como não poderia deixardeser, na Noite  
dos Cristaisos alemães invadiram asua casae ela depois foi trabalharem um campo de prostituição alemã. 

O Segredo da Caveira de Cristal se passa no ano de 1460, em um reinomedievalchamadoHeilland. 
Os habitantes já estavam desgastados com os conflitos da época e depositaram suas esperanças no tão aguardado filho do rei, embora muitos acreditassemque uma guerra maior estava sendo travada no ventre da rainha, com gravidez de gêmeos.Com o nascimento das crianças, entraram em uma nova era, onde suas vidas passaram a ser marcadas pela dor, ódio, sangue e traição.Mortes e tramas misteriosas fazem parte da rotina dos habitantes do Castelo, restando ao Mago e a rainha, procurarem por respostas, e ele encontrando na divisão do seu poder e no segredo que ambos guardavam a solução para a paz entre os reinos. 


Tem uma coisa que você faz que eu acho o máximo!! E acho que todos tem que saber disso... Conte sobre o seu abrigo de animais, fale tudo sobre esse projeto. 
Ah minhas crianças! Tudo de mais lindo e melhor na minha vida! 
O abrigo existe há mais de 10 anos e posso lhe afirmar com toda certeza, nunca fui tão feliz e amada em toda a minha vida cuidando deles. Podemos aprender muito com os anjos de quatro patas, é assim que os chamo. Aprendemos a respeitar as diferenças e overdadeiro significado das palavras, amor e companheirismo. Confesso que às vezes não é fácil mantê-los, tem-se um custo muito alto e somente eu e minha filha que somos responsáveis por eles,a única ajuda externa é a da clínica veterinária que sempre os levamos e que dividem em longas parcelas as nossas despesas, que não são poucas. 
Os animais que chegam aqui não vêm passar férias, de banho tomado e nem de pompom. São animais que foram abandonados, doentes, que por mais que cuidemos deles, temos que levá-los a veterináriose alguns chegam a ficar internados, tem-se o custo de remédios e alimento, que eu faço questão de comprar as melhores rações existentes no mercado.Nosso sonho era parar um caminhãode ração na nossa portakkkkk. Resgatamos os animais da rua porque gostamos de fazer isso, achamos que é o certo a se fazer. Todos merecem uma cama quentinha, uma boa comida, água fresquinha e um cantinho para chamar de lar.Para alguns conseguimos arrumar uma família que o adote, e os outros vão ficando e terminam sendo da nossa família. Hoje temos9 cachorros e 26 gatos.As fotos de alguns estão no meu face, fiquem a vontade para se maravilharem. 

Voltando aos livros, qual foi o livro que mais te marcou?? E por que?? 
Vários livros marcaram as etapas da minha vida, mas tem um que considero o mais importante, O Pequeno Príncipe. Ganhei este livro quando era ainda pequena e foi o primeiro livro com muitas folhas. Senti neste momento uma responsabilidade muito grande, “era gente grande” e que poderia ler o que eu quisesse, e descobri que o mundo estava em minhas mãos. Cada vez que o leio, a mensagem contida nele parece diferente, mas eu sei que as palavras não mudam, são as mesmas, a mudança está na minha maneira de vê-las e acho isso fantástico. 


Escrever um livro no Brasil é muito difícil, e o seu primeiro livro saiu pela Novo Século pelo selo Novos Talentos. Já vi seu livro na vitrine de uma loja no Shopping, como você se sente vendo seu primeiro livro assim numa vitrine? Pretende continuar lançando seus livros na mesma editora? 
Nossa... A primeira vez que vi na vitrine quase chorei! Queria sair correndo, gritando e apontando pra todo mundo vez que aquele livro ali, exposto, era meu, minhas idéias que se materializaram. Não tenho palavras para expressar a minha emoção. 
Não sei dizer se continuarei a lançar pela mesma editora ou não.  O mercado editorial é muito grande, e claro, que continuo pesquisando e analisando outras propostas. 

Tem algum conselho pra quem quer começar a escrever? 
Não desistam dos seus sonhos nunca, por maior que as dificuldades parecem ser. Tudo na vida tem sua hora para acontecer, e se você  já visualiza a vitória, o universo conspira a seu favor. 

É um prazer ter você como parceira do blog!! Fico imensamente feliz!! E mais ainda por você ter cedido seu tempo pra responder essas perguntinhas!!! Muito obrigada mesmo!! 
Eu quem agradeço de coração o carinho e o apoio que você, o seu blog e os leitores tem me dado. 
Fiquem com Deus! 

*_* 
E se você quiser conhecer mais sobre o livro não deixe de ir ao blog da  autora:
 livroanjonegro.blogspot.com.br

4 comentários

  1. Agradeço mais uma vez o carinho e apoio que você e o seu blog tem me dado, obrigada!

    Bjusss

    *-*

    ResponderExcluir
  2. Que linda a entrevista! Meu Anjo Negro está aqui guardado só esperando a leitura. Conheci a Mallerey pessoalmente e ela autografou meu livro *-*

    Adorei as perguntas!
    Beijos,
    Mars - Letras de Chá.

    ResponderExcluir
  3. Parabéns pela entrevista Alessandra! Estou ansiosa para ler o livro da Mallerey Cálgara, Anjo Negro! Só tenho a parabenizar pela iniciativa belíssima e abençoada do abrigo de animais. Beijos!

    http://www.newsnessa.com/

    ResponderExcluir
  4. Nossa, eu li o livro Anjo Negro e posso atestar a qualidade dessa escritora mineira fantástica!!! ESTOU COMENDO MEUS DEDOS PRA LER A CONTINUAÇÃO DO ANJO NEGROOOOO!!!! Comendo os dedos pq as unhas já acabaram... U.U

    Mas com certeza esse conto de fadas às avessas vai ser um sucesso!! =D

    Adorei a entrevista Mallerey!! Desejo mto sucesso e tudo de bom :)

    Abraços!

    Pri
    http://laviratta.blogspot.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...