Resenha: E Se For Você



Título: E Se For Você?

Autora: Revecca Donovan

Páginas: 415

Editora: GloboAlt






COMPRE AQUI:    












     Impossível terminar de ler "E Se For Você?" e ser a mesma pessoa depois. É tanta vida, é tanto amor contidas nestas páginas... dá vontade de sair por  aí abraçando as pessoas.



"Fico tenso todas as vezes que ela vai embora. Detesto não poder entrar em contato com ela. Fico à mercê das suas aparições aleatórias, o que é uma droga."
Pag. 72


     A construção dessa história é perfeita, pois a narrativa é montada como um quebra-cabeça. Conforme a leitura avança, o leitor vai entendendo as motivações de cada um dos quatro personagens centrais até o final arrebatador.

     Então vamos lá:

     O livro é narrado em primeira pessoa por Cal à partir do momento em que ele já está na faculdade, mas em alguns momentos ele volta ao passado quando alguma coisa faz com que ele se lembre de momentos da sua infância e adolescência.

     Dentro de cada capítulo, Nicole, Richelle e Rae também tem suas narrativas, e vão aos poucos desvendando alguma parte da história que envolve Cal.

     Tudo começa quando Cal encontra uma moça na faculdade que o faz lembrar de uma menina que foi uma grande amiga na infância, mas que depois de entrar no ensino médio, ela simplesmente não olhou mais na cara dele, e logo depois desapareceu. No fundo, ele sempre sentiu um amor por essa menina, mas o tipo de amor inatingível. Cal guardou seu sentimento só para ele.

     Nyelle tem os mesmos olhos azuis de Nicole, mas só isso. Enquanto Nicole era comportada, certinha, perfeita; Nyelle é descolada, faz tudo que tem vontade, não liga para a aparência, ou seja, completamente o oposto da sua antiga amiga. Não tem como serem a mesma pessoa. Mas os olhos...


" - Zoar no bosque é tão... coisa de escola. - Ela suspira de forma dramática. - Quer dizer, eu achava que a gente tinha amadurecido um pouco desde que foi para a universidade."
Pag. 10


     Cal gostava mito de Nicole, mas não tem a menor ideia do que ele fez para ela não falar com ele há tantos anos.

     Richelle era a melhor amiga dele, e também de Nicole, mas ela desapareceu logo que eles ingressaram no ensino médio e nunca mais deu sinal de vida.

     A única que se manteve firme e forte ao lado de Cal é Rae; e juntos eles vão tentar descobrir os segredos que ficaram escondidos por tantos anos. 

     Todas as revelações são tão emocionantes! A vida de Nyelle é tão contagiante, dá vontade de ser amiga dela. Aliás, de todos!

     Eu tenho grande dificuldade para falar de um livro quando ele se torna favorito. Mas acho que vocês perceberam que estou apaixonada por este, né?

     "E Se For Você?" fala de amizade, de família, da pressão que os pais colocam nos filhos para que eles sejam o que eles querem, de felicidade, individualidade, personalidade, sonhos, desejos, mas principalmente de amor. Amor em todas as suas formas.

     Não tem como não se apaixonar. Não tem como não devorar este livro.

     Tenho certeza que você vai pegar este livro e só vai parar quando terminar. E quando acabar, irá sentir um misto de alegria e vazio, tristeza e satisfação; é essa mistura que sentimentos que me acometeram, mas sem dúvida é inesquecível.

     Além disso, devo confessar que quando a editora fez a votação para a escolha da capa, eu voltei na outra, a dos balões; mas agora que li o livro, agradeço muito por ter sido essa a escolhida. Ela tem tudo a ver com a história, e não olho mais para ela com os olhos que eu via antes. Acho que a vejo pelos olhos de Cal.

     Todos devem ler! Todos devem provar da vida que tem nessas palavras. Todos devem se apaixonar por estes amigos. Todos devem se emocionar também.

     Leiam!!!














Deixe seu comentário e concorra:


8 comentários

  1. Foi uma resenha difícil de se ler. Por tanto sentimento colocado :/
    É amor demais!!! E eu preciso ler esse livro urgente!
    Não conhecia o livro e muito menos o conteúdo..agora, preciso ler ele pra ontem. Amor, família..e isso da pressão familiar,são assuntos que sempre mexem com a gente. Afinal, é tudo que já passamos ou estamos passando!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Amei sua resenha e fiquei interessada pelo livro, pois é, já foi para lista.
    Bjoo

    ResponderExcluir
  3. Realmente parece ser um livro muito bom e que prende a atenção de quem lê. Quando eu tiver a oportunidade, vou ler. Gostei muito da resenha.

    http://livrosamoremais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. eu não conhecia bem a autora, mas vi uma grande comoção ao seu livro, fiquei curiosa e eis que encontro uma bela resenha!
    enfim, parece um retrato da vida cotidiana na qual nos sempre julgamos os atos dos outros e nos esquecemos dos nossos
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi Lele! Este livro é delicioso! A autora tem um jeito especial de contar sua história, um jeito que transborda sentimentos.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  6. Lelê,estou contando os dias,as horas para ler esse livro ...e após sua resenha só aumentou minha necessidade de lê-lo.Amei o quote da página 72.Quero muito conferir o final arrebatador.Gosto de livros que falam de amizade,família e nos transmitem mistos de sentimentos tão dualistas.Mil Beijinhos!!!

    ResponderExcluir
  7. Prefiro narração em terceira pessoa; porém, em alguns casos, parece que a narração em primeira pessoa funciona bem melhor, como nesse livro.
    Bom saber que conseguimos conhecer bem cada um dos personagens. Ademais, esse texto no estilo quebra-cabeça me agrada muito.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de reinauguração. Serão quatro vencedores!

    ResponderExcluir
  8. Oi, Lelê.
    Ganhei um exemplar desse livro e estou super animada em ler.
    Eu também tinha gostado da outra capa, mas espero que essa faça mesmo sentido! rs...
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...