Resenha: Quarenta Dias Sem Sombra

Título: Quarenta Dias Sem Sombra

Autor: Olivier Truc

Páginas: 406

Editora: Tordesilhas



COMPRE AQUI:  BUSCAPÉ,  FNAC












     Vamos à receita de um bom thriller:
     Pegue uma boa história policial, uma pitada de suspense, junte com personagens ótimos. Agora misture tudo isso com gelo.
     Pronto. Temos "Quarenta Dias Sem Sombra".




"Numa época em que o Google escaneia até a
folhinha que está voando em frente da nossa 
janela, não temos nenhuma imagem dessa porcaria
de tambor tão importante? Nem para o seguro?"
Pag. 61


     Klemet é o policial das renas. Bem, isso parece estranho para nós aqui no Brasil, mas na Lapônia isso é muito comum. O que acontece é que lá há vários criadores de renas. Aí imaginamos que num lugar gelado como a Lapônia, os criadores de renas são senhores calmos e controlados, mas não é bem assim que a coisa funciona. Existe uma divisão e um policial só para tratar dos assuntos ligados ás renas. Estes senhores não são nada calmos. Muitas brigas ocorrem entre  os criadores, inclusive roubos. Para resolver estas brigas todas, o policial Klemet tenta ser sempre diplomático, propondo acordos e acalmando as partes.

     Até que um criador é encontrado morto, mutilado, com todas as suas coisas reviradas. Parece até um ritual.

     Para resolver esse crime, a policial Nina se junta a Klemet. Nina não é moradora de lá, não conhece os costumes, mas é persistente, impetuosa, até mesmo um pouco impulsiva. Não tem medo de aprender, nem de enfrentar ninguém. Os dois terão muito trabalho juntos.


"O velho ficou sem fôlego quando o golpe
violento atingiu seu rosto e lhe quebrou o 
maxilar. O sangue esguichou. Ele caiu
ajoelhado. Um segundo golpe de cajado
já fora armado."
Pag. 8


     Paralelo a isso tudo, um tambor sami foi roubado. Esse tambor tem muito poder sobre os moradores de Kautokeino. Não que o tambor tenha poderes sobrenaturais, mas a fé das pessoas neste tambor, no que ele pode fazer... isso é que dá o poder à ele. Eles dizem que o tambor tem o poder de se comunicar com os mortos. Verdade ou não, isso não importa. Ele deve ser encontrado para que a 'paz' possa voltar para todos.

     Dois crimes. Um roubo e um assassinato, e eles parecem estar ligados. 

     Sem nenhuma prova, sem nenhum vestígio, nada. Klemet e Nina vão ter que encarar muita coisa ruim pra encontrar essa ligação e chegar ao final desse mistério.

     E quando eu digo ruim, é pra botar ruim nisso.

     Além de toda a maldade das pessoas do local que vão desde de traições até violência, chegando até mesmo a violência sexual. Fora isso ainda tem o frio e a falta de sol. 

     Neste lugar tenebroso, o sol tem poucas horas para dar o ar da graça. Coisa de uma hora mais ou menos. É muita neve, é muito frio e é muito escuro. O tempo todo é assim.

     Me senti congelada. E o pânico que causa essa falta de luz é agoniante de se ler.

     
" - Esse tambor desgraçado é um instrumento
do diabo! E vocês, a polícia, seriam muito
amáveis se liberassem o acesso à igreja.
Estou esperando os fiéis."
Pag. 41


     Adoro conhecer lugares diferentes enquanto leio. Mas confesso que nunca imaginei ir para a Lapônia. E jamais imaginaria como seria viver num lugar desse.

     A narrativa do autor é muito interessante. Algumas pessoas vão dizer que o livro é cansativo ou massante, mas como eu gosto de aprender sobre maneiras de se viver fora do nosso mundinho; ir para essa escuridão gelada, descobrir como vivem os criadores de renas, como vivem os moradores desse lugar, foi um prazer pra mim.

     Com uma trama curiosa, descrições incríveis e personagens muito carismáticos, o livro me ganhou logo. A leitura não foi rápida, até porque ela não é tão fácil.

     Nas primeiras páginas eu estava achando o livro muito chique, rsrs. Sério. A narrativa dele é muito rica. Com palavras que não usamos no nosso dia a dia. Fiquei apaixonada por isso também.

     Quanto ao trabalho da Tordesilhas não tenho nada para reclamar, mais uma vez a editora não deixou nada à desejar. Capa incrível e diagramação perfeita. Tradução e revisão ótimas. A Tordesilhas é sempre recomendável. 

     Além disso, não li nenhum livro deste gênero lançado pela editora que não fosse menos que ótimo. Portanto este foi mais um que gostei muito!!!

     Recomendado!!!











Comente, clique e participe:


25 comentários

  1. Desde quando vi a chamada pra este lançamento, me vi vendo ou lendo 30 Dias de Noite..que gostei demais na época.
    Amo suspenses e se eles vierem batidos com gelo, melhor ainda!
    Cidades pequenas e seus segredos expostos...sabe, daria também ótima reprodução em cinema.
    Quem sabe né?
    Lista de desejados, faz tempo..rs e depois de ler a resenha só sei que preciso urgente!
    Beijo

    ResponderExcluir
  2. Adoro temas policias deste tipo. São eletrizantes. Principalmente se vem cheio de suspense, Com certeza vou querer ler. preciso saber como vai terminar. rsrsrs Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Adorei tenho que ler esse livro tem tudo que eu gosto junto
    ⋙ Um beijo, te espero no blog
    blog Livros com café

    ResponderExcluir
  4. Adivinhe só quem acabou de marcar esse livro como desejado no skoob... Acho que se depender das suas resenhas, Lelê, eu decreto falência em dias. haha
    Você sabe que eu adoro esse gênero, então nem preciso dizer que fiquei com muita vontade de ler.
    Também adoro livros policiais que se passam em culturas diferentes, assim posso conhecer novos lugares, costumes e tradições sem sair da minha cama.

    M&N | Desbrava(dores) de livros - Participe do nosso top comentarista de setembro

    ResponderExcluir
  5. infelizmente trilhers acabam comigo, depois sonho fico encucada! a trama é bem interessante, esse conhecimento de outras partes do mundo, culturas
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Eu adorei o livro, como você disse, talvez pensem que é cansativo, mas a leitura de uma cultura diferente é muito prazerosa!
    beijos
    www.apenasumvicio.com

    ResponderExcluir
  7. Oi Lele tudo bem?

    Toda vez que visito seu blog minha wishlist aumenta! Por que será ne? Hauhsuahs
    Gostei muito da resenha e estou tentada a ler este livro, já vou adicioná-lo a lista e recomendar pra quem curte esse estilo thriller, que é ótimo de ler quando o livro é bom e bem escrito. E este parece mesmo ser!
    Me lembrou um daqueles filmes que você mal consegue respirar de tanta tensão!

    Beijos!!

    http://livrosontemhojeesempre.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Amo história policial, o livro parece ser ótimo, bem eletrizante, fiquei doida pra ler, já foi pra minha lista de leitura.

    ResponderExcluir
  9. GOSTEI DA RESENHA, VOU ANOTAR O NOME NA MINHA LISTA DE LIVROS P LEITURA

    BJO

    ResponderExcluir
  10. Oi Lele!!!

    Adoro aprender sobre novas culturas!
    Eu nunca imaginei que existissem criadores de renas... Pelo menos não fora dos limites da terra do Natal! hehehehe
    Já tinha visto esse livro nas cortesias do skoob, mas não me tinha me chamado a atenção. Tanto que nem fui ler a sinopse...
    Agora fiquei curiosa! Que raio de tambor é esse???

    Beijokinhas!

    ResponderExcluir
  11. Lelê, esse me pareceu um belo exemplar de romance policial, não? O que mais me atrai nele, logo de cara, é a ambientação, eu gosto muito da ideia do frio e da noite, porque geralmente eles tem um peso enorme nas ações dos personagens e é muito bacana acompanhar essa ação. E de quebra a gente viaja para um lugar inimaginável! Fiquei ansioso para ler!

    ResponderExcluir
  12. Aaaah Ameei...quero ler !
    Suas resenhas são ótimas :3

    ResponderExcluir
  13. ADORO livros policiais e estou morrendo de vontade de ler esse. Parece ter uma história instigante, do tipo que não da vontade de parar de ler. To cheia de expectativas!!
    Sua resenha está maravilhosa <3
    Beijo Lele!!

    http://umaleitoravoraz.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Eu acabei me interessando tanto, com tantas críticas positivas eu me identifiquei com a trama, Fiquei curiosa, e agora está na minha lista dos livros

    ResponderExcluir
  15. Deus, que mistério, adoro livros de thriller, esse autor parece ser muito bom, como as obras de HC e JP, sobre policial assim, eu adoro. Parece ser muito medonho e aterrorizante ainda mais para as pessoas que devem morar na Lapônia.. mal posso esperar para adquirir a obra.
    Adoro policial e thriller com mistérios e mortes.
    Beijos Ale :*
    thaynaquina@yahoo.com
    Adorei sua resenha querida :D

    ResponderExcluir
  16. Nunca tive um bom gosto para suspense, mas estou começando a gostar de lê-lo e esse parece muito bom, principalmente porque tem neve e eu adoro neve. Mas quem não adora neve? Gostei da sua resenha e eu fiquei com muita vontade de lê-lo. Espero ter a oportunidade.

    ResponderExcluir
  17. Adorei a resenha, a capa e principalmente o trecho que faz referencia ao google. Ja ta Na lista de desejos

    ResponderExcluir
  18. Sou muito fã de um bom thriller. E esse, como foi dito no início da postagem, parece ter todos os "ingredientes" pra um livro muito bom!
    Mas, achei esse negócio de "tambor que se comunica com os mortos" meio esquisito demais, mas ainda assim não perdi o interesse pelo livro.
    Gostei de quase tudo, e ainda vindo com uma capa bonita dessas...

    ResponderExcluir
  19. Parece um tremendo livro policial! Com dois assassinatos, diversos crimes com um cenário frio e sem sol. Com certeza há muito suspense e qualquer um se torna suspeito!!

    ResponderExcluir
  20. Parece ser um livro bem interessante, com um bom ritmo, tornando a leitura cativante, vale a pena conferir.

    ResponderExcluir
  21. Lele amda, tudo bom?? Essa é a primira vez qu leio ou vejo algo sobre esse livro e ja fiquei viciada na história... gosto muito de livros policiais e de suspense e pude perceber que esse possui a fórmula perfeita... fui ficando cada vez mais ansiosa a medida que ia lendo a sua resenha.. Adoreiiiiiiiiii.. Preciso saber mais!!!!!!!!!!!Tenho que ter esse livro em minhas mão o mais rápido possível...

    bj

    ResponderExcluir
  22. Não conhecia esse livro e a primeira resenha da qual eu leio dela, e ja vejo que ja vai pro meu skoob!
    Gostei da trama, adoro esse genero de leitura, adoro esses livros em que voce le e vai tendo sentimentos durante a narrativa do autor. Espero poder ler essa trama (tensa) logo pois adorei!!

    ResponderExcluir
  23. Resenha muito boa, familiarizando o leitor com o livro, fazendo um convite à leitura.

    ResponderExcluir
  24. Gostei pela resenha e sei que vou amar o livro, gosto de suspense.
    ronida_sindi@hotmail.com

    ResponderExcluir

Deixe seu comentário!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...